Começar bem e acabar mal: Portugal perde mas está nos 'quartos'

Sub-17 23-05-2022 20:13
Por Eduardo Pedrosa Marques

Portugal está apurado para os quartos de final do Campeonato da Europa de sub-17, que se realiza em Israel.

 

Apesar da derrota sofrida na tarde desta segunda-feira, diante da Dinamarca (1-3), na 3.ª e última jornada do Grupo D, a equipa das quinas conseguiu o apuramento da segunda posição do grupo, e, dessa forma, irá defrontar a Espanha nos quartos de final da competição, numa partida agendada para a próxima quinta-feira.

 

Os comandados de José Lima até chegaram à vantagem, quando Ivan Lima, aos 30 minutos, fugiu pela esquerda e inaugurou o marcador, mas o conjunto nórdico deu a volta ao texto na segunda parte, fruto dos golos de Narty, Hansborg-Sorensen e um autogolo de Luís Gomes, e, dessa forma, não só venceu o jogo, como conseguiu também ganhar o grupo e seguir em frente na prova.

 

Recorde o filme do jogo:

 

Final da partida! Portugal 1 Dinamarca 3.

 

Foram adicionados 6 minutos de tempo adicional mínimo a esta segunda parte.

 

90+1 minuto: Substituição em Portugal, com a saída de Ivan Lima, para a entrada de Ussumane Djaló.

 

90 minutos: Golo da Dinamarca! Livre batido por Byskov e Luís Gomes, de forma infeliz, coloca a bola na sua própria baliza. 1-3.

 

88 minutos: Cartão amarelo a Leonardo Barroso.

 

86 minutos: Cruzamento da direita de Sahsah e remate de Hansborg-Sorensen para uma estupenda defesa de Diogo Fernandes para canto.

 

84 minutos: Excelente passe de Ivan Lima e Vivaldo Semedo, já na área, remata de pé esquerdo para excelente intervenção de Sander, que negou autenticamente o golo do empate ao ponta de lança português.

 

81 minutos: Substituição na Dinamarca, com a saída de E. Hojlund, para a entrada de Simmelhack.

 

78 minutos: Substituição em Portugal, com a saída de Rafael Luís, para a entrada de João Gonçalves.

 

70 minutos: Golo da Dinamarca! Hansborg-Sorensen, desmarcado pela esquerda, entrou na área portuguesa e rematou para o 1-2.

 

67 minutos: Dupla substituição na Dinamarca, com as saídas de O. Hojlund e Fraulo, para as entradas de Byskov e Bakhit.

 

66 minutos: Dupla substituição em Portugal, com as saídas de José Rodrigues e Rodrigo Ribeiro, para as entradas de Vivaldo Semedo e Afonso Moreira.

 

62 minutos: Golo da Dinamarca! Passe de Sahsah e Nartey, junto à marca de penálti, remata para o 1-1.

 

61 minutos: Incursão de Leonardo Barroso pelo flanco esquerdo e, já na área, o lateral português remata ao lado do poste direito da baliza de Sander.

 

60 minutos: Cruzamento da esquerda de Leonardo Barroso e Rodrigo Ribeiro, no centro da área, cabeceia ligeiramente ao lado da baliza de Sander.

 

Início da segunda parte!

 

Portugal tem estado hoje mais na expectativa do que é habitual, mas essa estratégia está a dar frutos. Sendo que, acrescente-se, também há mérito da Dinamarca, que tenta fazer pela vida para tentar seguir em frente neste Campeonato da Europa.

 

Depois de um período inicial de maior equilíbrios, os dinamarqueses quiseram tomar conta do desafio, algo que acabou por ser-lhes fatal. Tudo porque, numa transição rápida, e após um excelente passe longo de Leonardo Barroso, Ivan Lima fugiu pela esquerda, em alta velocidade, e já depois de entrar na área rematou de pé esquerdo para o 1-0.

 

A Dinamarca sentiu o golo português, mas tentou reagir de imediato, conseguindo algumas chegadas com perigo junto da baliza de Diogo Fernandes, que se mostrou atento sempre que foi chamado a intervir.

 

Esta vantagem da equipa das quinas acabou por aumentar ainda mais o conforto nas contas pelo apuramento para os quartos de final da competição, uma vez que, recorde-se, o empate é suficiente para que os comandados de José Lima carimbem o passaporte para a fase seguinte.

 

Intervalo! Portugal 1 Dinamarca 0.

 

Foram adicionados 2 minutos de tempo adicional mínimo a esta primeira parte.

 

43 minutos: Cartão amarelo a José Rodrigues.

 

42 minutos: Passe de E. Hojlund e Hansborg-Sorensen, descaído pelo flanco esquerdo, rematou de primeira, à malha lateral.

 

32 minutos: Cruzamento da direita de O. Hojlund e Nartey, em zona frontal, já dentro da área, remata muito por cima da baliza de Diogo Fernandes.

 

30 minutos: Golo de Portugal! Passe longo de Leonardo Barroso e Ivan Lima, depois de mais um arranque explosivo pela faixa esquerda, entrou na área e, na cara de Sander, rematou de pé esquerdo para o 1-0.

 

29 minutos: Rafael Luís, à entrada da área, rematou forte, de pé esquerdo, mas Sander, bem colocado, encaixou o esférico.

 

20 minutos: Excelente jogada individual de Ivan Lima, pela esquerda, com o cruzamento a sair na direção de José Rodrigues que, de pé esquerdo, rematou para bela intervenção de Sander, para canto.

 

13 minutos: Cruzamento da esquerda de Hansborg-Sorensen, Diogo Fernandes não segura à primeira, mas o guarda-redes português acabou por brilhar logo de seguida, ao negar autenticamente o golo a Sahsah que, à entrada da pequena área, rematou para uma excelente intervenção no número 12 da equipa das quinas.

 

12 minutos: O. Hojlund, à entrada da área, dá o primeiro sinal de perigo dos dinamarqueses, mas o remate acaba por sair por cima da barra.

 

Primeiros 10 minutos extremamente equilibrados, com as equipas a estudarem-se mutuamente. A partida tem sido basicamente disputada no setor intermediário, pelo que ainda não foi qualquer aproximação perigosa a nenhuma das balizas.

 

Início da partida!

 

Portugal: Diogo Fernandes, João Conceição, Luís Gomes, Diogo Monteiro C, Leonardo Barroso, João Veloso, Rafael Luís, Dário Essugo, Rodrigo Ribeiro, José Rodrigues e Ivan Lima

Suplentes: Francisco Silva, João Muniz, Ussumane Djaló, Martim Fernandes, Manuel Mendonça, Afonso Moreira, Tiago Andrade, Vivaldo Semedo e João Gonçalves

Treinador: José Lima

 

Dinamarca: Sander, Fraulo, Vraa-Jensen, Nybo, Grosso, O. Hojlund, Beck C, Nartey, Sahsah, E. Hojlund e Hansborg-Sorensen

Suplentes: Andresen, Bakhit, Bondergaard, Simmelhack, Jensen, Byskov, Wagner, Kvist e Munck

Treinador: Kenneth Madsen

 

Árbitro: Igor Stojchevski (Macedónia do Norte)

Assistentes: Daniel Vasilevski (Macedónia do Norte) e Khachatur Hovhannisyan (Arménia)

4.º Árbitro: Juxhin Xhaja (Albânia)

 

Já há equipas!

 

Portugal, recorde-se, chega a esta jornada com duas vitórias em outros tantos jogos, depois de bater a Escócia (5-1) e a Suécia (4-2).

 

A equipa orientada por José Lima tem uma dupla possibilidade de seguir em frente na prova: uma vitória ou um empate garantem automaticamente a fase seguinte.

 

Portugal defronta esta tarde a Dinamarca (18 horas), numa partida relativa à 3.ª e última jornada do Grupo D do Campeonato da Europa de sub-17, que se realiza em Israel. A BOLA online vai contar-lhe tudo sobre esta partida que pode selar o apuramento da turma das quinas para os quartos de final da competição.

 

Boa tarde!

 

 

Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias