Marcelino foi despedido… porque ganhou a Taça

Valência 13-09-2019 11:36
Por Redação

Marcelino Toral não escondeu as emoções e chorou compulsivamente ao falar da inesperada demissão do comando técnico do Valência. Atribuiu motivo surpreendente para a decisão da direção em afastá-lo do clube.

 

«Ganhar a Taça do Rei [n.d.r vitória por 2-1 sobre o Barcelona] foi o detonador de toda esta situação. Quem havia de dizer… durante a época recebemos, direta e indiretamente, mensagens a dizer que teríamos de abdicar da Taça. Mas os adeptos e os jogadores queriam lutar por ela e tinham a convicção que podiam vencer», disse em conferência de imprensa, acrescentando:

 

«Os proprietários do clube nunca me felicitaram pela conquista da Taça. Pela qualificação para a Liga dos Campeões, sim. Isso surpreendeu-me. (…) Nunca, durante o verão, acreditei que seria despedido. Sempre me disseram na cara que tinham confiança no meu trabalho.»

 

Marcelino anunciou ainda que vai cumprir um ano sabático para recuperar das emoções: «Agora vou dar um passo atrás e descansar uma época.»

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias