Carlos Pereira insiste em jogar no Funchal

Marítimo 14-05-2020 10:15
Por Redação

Numa altura em que estão a ser discutidos os estádios onde vão realizar-se os 90 jogos em falta na Liga - a Direção-Geral da Saúde pretende concentrar todas as partidas no menor número possível de recintos e apenas nos que podem dar resposta às exigências sanitárias -, o presidente do Marítimo, Carlos Pereira, continua a mostrar-se irredutível: quer realizar em casa, na Madeira, os cinco jogos que faltam ao clube na condição de visitado, ao invés de ter de o fazer no continente, tal como o Santa Clara, o outro clube insular, no caso dos Açores, que jogará e terá como quartel-general a Cidade do Futebol, da Federação Portuguesa de Futebol.

Além de entender que o estádio do Marítimo reúne todas as condições (tem nível 1), o líder dos verde-rubros não vê igualmente problema na questão das viagens de e para a ilha da Madeira.

«Com o trajeto aeroporto, hotel, jogo e retorno, sem existir contacto com outras pessoas, apenas com intervenientes estritamente necessários, acho que não há nenhuma consequência negativa para a região», disse o dirigente à RTP Madeira, mostrando-se igualmente crítico em relação à data da retoma, 4 de junho, mas aí num registo conformado. «Era preferível começarmos em setembro ou outubro...».


 

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (15)

Últimas Notícias

Mundos