'Patrick Baumann House of Basketball' (artigo de Eduardo Monteiro, 44)

Espaço Universidade 15-10-2019 18:35
Por Eduardo Monteiro

Há exactamente um ano atrás (14.Out.2018), quando assistia aos Jogos Olímpicos da Juventude na Argentina, o então Secretário Geral da Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), Patrick Baumann, 51 anos de idade, nascido em Basileia, Suiça, não resistiu a um ataque cardíaco e faleceu. Para além da enorme perda para a sua família, o Movimento Olímpico em geral e o Basquetebol em particular, perderam um dirigente de alto gabarito. Um estudioso do fenómeno desportivo que procurava a sua permanente valorização pois possuía no seu currículo um MBA na Business School da Universidade de Chicago, um Mestrado Europeu em Gestão do Desporto patrocinado pelo Comité Olímpico Internacional desencadeado nos anos noventa por Jean Camy da Universidade de Lyon, Andreu Camps da Universidade de Barcelona e Gustavo Pires da Universidade de Lisboa e uma Licenciatura em Direito na Universidade de Lausana.

 

Tendo começado muito cedo a gostar de basquetebol na qualidade de praticante, também exerceu funções de treinador e de árbitro ao longo da sua carreira desportiva. A sua vocação para a área educativa e o seu entusiasmo pelo jogo da “Bola ao Cesto” fez com que a Federação Internacional  o convidasse para os seus quadros de gestão. Depressa mostrou as suas capacidades e em 2002 foi indigitado como Secretário Geral da FIBA, o terceiro homem a exercer aquele cargo ao longo da história da modalidade, depois do inglês William Jones e do jugoslavo Borislav Stankovic.

 

Foi o grande responsável pelas principais mudanças efectuadas no basquetebol a nível internacional, com realce para a articulação  com as regiões continentais sob o lema “ONE FIBA”, numa perspectiva de desenvolvimento da modalidade com objectivos comuns. O ressurgimento do 3x3, e a sua implementação no contexto nacional, continental e internacional, tornou possível a sua introdução no programa olímpico. Liderou o processo de alteração e implementação do Novo Sistema de Competição da FIBA.

 

Face ao seu eficente trabalho efectuado na Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) foi posteriormente nomeado dirigente do Comité Olímpico Internacional (CIO) no qual foi progressivamente exercendo diversas funções como membro:

- 2009 - Internacional  Advisory Board of the World Academy of Sport;

- 2010 – International Council of Arbitration for Sport (ICAS);

- 2011 – Council  Association of Summer Olympic International Federations;

- 2011 – Executive Committee of the World Anti-Doping Agency (WADA).

 

Numa das suas últimas intervenções públicas Patrick Baumann disse que o Basquetebol era um desporto de equipa e, como tal, devemos trabalhar sempre em equipa. Independentemente de onde estivermos no mundo, num clube, numa liga, numa associação, numa federação ou qualquer área específica do jogo a nossa tarefa deve ser sempre feita em conjunto (TEAM WORK).

 

Em homenagem a Patrick Bowmann que exerceu o cargo de Secretário Geral, de 2002 até Outubro de 2018, a sede da FIBA conhecida por “The House of Basketball”, situada na cidade de Mies (Suiça), passou a ser denominada por “Patrick Boumann House of Basketball”, para sempre.

 

Eduardo Monteiro é ex-treinador do SL Benfica e das Seleções Nacionais

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias