«Queremos um Rio Ave com personalidade» - Miguel Cardoso

Rio Ave 11-08-2017 13:47
Por Pascoal Sousa
Miguel Cardoso fez esta sexta-feira a projeção da partida frente ao Boavista, sábado, às 20.30 horas, no Estádio do Bessa. É o primeiro teste fora de casa e o treinador tem uma ideia muito clara do que quer da sua equipa.

«Estamos focados em conseguir que o nosso jogo corresponda à nossa identidade. O nosso plano é impor o jogo que construímos desde o inicio. O desafio é conseguir, nos diferentes cenários – agora é primeiro jogo fora – que os jogadores mantenham o foco naquilo que é a nossa proposta de jogo e que nos levou a ganhar o último desafio», lançou.

O duelo no Bessa será feito num plano em que Rio Ave tem presente a necessidade de «ser competente» na «discussão dos resultados». «Isso implica aumentar a qualidade e o nosso desígnio é discutir o desafio e ganhá-lo, como é lógico. Vi o Boavista com atenção, nesse e noutros conjuntos de jogos, não espero um Boavista diferente apesar dos seus jogadores serem diferentes», analisou.

Miguel Cardoso sabe que cada adversário tem a sua especificidade e a equipa está a ser trabalhada nesse sentido: «Temos de mais de um cenário em termos de organização – não em termos táticos – mas não vamos alterar nada para o jogo com o Boavista… Temos de estar prevenidos para os aspetos em que o adversário nos pode causar mossa. Acima de tudo é a nossa identidade que importa impor. Queremos que o Rio tenha personalidade e uma ideia de jogo. Torna-se mais confortável jogar com o nosso plano de jogo, sorriremos muito mais se jogarmos com a nossa identidade.»

Do mercado de transferências, e até ver, nada aponta para saídas ou entradas no Rio Ave. Contudo, o treinador tem noção de que até 31 de agosto tudo pode acontecer: «Todos os grupos têm mais-valias, o que significa que alguns dos nossos jogadores podem tornar-se apetecíveis. De repente pode aparecer um negócio. Não tenho expectativa que saiam jogadores, não posso é afirmar que isso não possa acontecer. Também não temos prevista qualquer entrada, mas o mercado pode oferecer mais-valias com as quais não estamos a contar e podem valorizar o plantel. Contudo, nada disso está em cima da mesa.»
Ler Mais
Comentários

Nas últimas 24 horas

Desporto

Destaques

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais