Após euforia em torno de Mbappé, Al-Khelaifi sofre revés

Paris Saint-Germain 22.05.2022 12:20
Por Redação

Anuncia, este domingo, o Telefoot, que, afinal, Zinedine Zidane não será o treinador do Paris Saint-Germain na próxima época, já que o antigo craque tem como prioridade comandar a seleção francesa após o Mundial 2022.


Já havia sido noticiado que o antigo treinador do Real Madrid vinha adiando uma decisão sobre sucessão a Mauricio Pochettino para lá do Mundial do Catar, o que agora se confirma e, pior, defrauda não apenas os planos do presidente-executivo Nasser Al-Khelaifi mas também as expectativas de Kyllian Mbappé, cuja renovação foi ontem anunciada, no fim do jogo com o Metz, com grande pompa e circunstância, como se de a conquista de um título se tratasse.


Segundo a imprensa gaulesa, Zinedine Zidane havia sido utilizado pelo milionário catari como trunfo para convencer Mbappé a continuar no Parque dos Príncipes, mas agora, o PSG terá de voltar-se para outros alvos, tendo sido apontadas várias alternativas a Mauricio Pochettino: o ex-selecionador alemão Joachim Low, os espanhóis Roberto Martínez (selecionador belga) e Julen Lopetegui (Sevilha), o italiano Antonio Conte (Tottenham), o ex-jogador dos parisienses Thiago Motta, brasileiro naturalizado italiano que realizou um trabalho interessante no Spezia (Série A) e ainda o experiente francês Christophe Galtier. 

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias