«É o clube ideal para crescer»

Portimonense 08-04-2021 09:34
Por Entrevista de Pedro Cravo

Beto, 23 anos, é já uma das grandes revelações da Liga. O ponta de lança apontou oito golos, que o colocam na prateleira mais alta dos artilheiros portugueses, e já se fala do interesse dos principais clubes portugueses. Para já, Beto não comenta e salienta que o objetivo é ajudar o Portimonense a fugir aos lugares perigosos.


- Chegar ao Portimonense e à Liga, vindo do Olímpico do Montijo (Campeonato de Portugal) e formado no U. Tires, é o concretizar de um sonho?  
 

- O Portimonense é clube ideal para crescer. Dá-me tempo e alicerces para crescer. Tenho grande apoio de toda a gente para continuar a crescer, com passos bem sólidos e para trabalhar em defesa dos interesses do clube.

 

- Está a viver um sonho?
 

- Sim. Representar um clube como o Portimonense e na primeira Liga já é a concretização de um sonho… Chegar ao futebol profissional sempre foi o meu objetivo… Estou a aproveitar o mais possível estes momentos que estou a viver! Sou um sonhador! Sempre acreditei que um dia chegaria à LIga. Sempre acreditei no meu valor e no meu trabalho.

 

- Como recorda o golo de bicicleta ao Tondela?
 

- Foi um grande golo. Ainda hoje não acredito como foi possível fazer aquilo… foi um movimento espontâneo. Não sei onde fui buscar o talento para fazer este golo.

 

- Foi o melhor golo da sua carreira?
 

- Sem dúvida! Não me canso de recordar o lance.

 

- Quais os defesas mais difíceis que defrontou?
 

- Foi no jogo com o Sporting, em que perdemos por 0-2. Feddal e Coates são os adversários mais difíceis que defrontei. Dupla muito forte. São jogadores incríveis!

 

- Quais são as suas referências atacantes?
 

- Samuel Etoo, Drogba, Thierry Henry, Van Persie… são os meus jogadores preferidos… São fantásticos! Sempre os admirei! Aprendi muito a vê-los jogar.
 

Leia a entrevista completa na edição impressa ou digital de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias