Direção garante em comunicado que vai resolver erros do passado

Leixões 11-10-2019 17:35
Por Redação

A Direção do Leixões emitiu um comunicado em forma de esclarecimento face ao despacho hoje tornado público, através do Diário da República, da perda do Estatuto de Utilidade Pública.

 

Segundo os responsáveis, o Leixões já não retirava qualquer benefício desse estatuto, por via de reiterados incumprimentos há mais de 10 anos, nomeadamente no que diz respeito a dívida ao Estado (Segurança Social e Autoridade Tributária) e a não apresentação anual de Relatórios e Contas, mas garante que tentará dar corpo à missão de estabilizar a situação e recuperar esse estatuto da parte do Estado.

 

Eis o comunicado:

 

O peso do passado

 

A Direção Leixões Sport Club (LSC), vem por este meio responder às recentes notícias que dão conta da perda do Estatuto de Utilidade Pública.

 

Como os estimados associados sabem esta direção iniciou o seu mandato em Dezembro de 2018, já o LSC não retirava qualquer benefício do Estatuto de Utilidade Pública.

 

A aquisição ou manutenção do Estatuto de Utilidade Pública obedece aos requisitos previstos no Decreto-Lei n.º 460/77, de 7 de Novembro, requisitos estes que o LSC manifestamente não cumpre, nomeadamente o cadastro limpo (sem dívida) na Segurança Social e Autoridade Tributária, ou apresentação anual de Relatório e Contas, assim sendo e apesar de apenas ter sido publicado hoje a perda da Utilidade Pública pelo LSC, há já alguns anos produziu efeitos, diz o despacho do Conselho de Ministros que nos retira tal benefício que “ que há mais de uma década que o LSC tem vindo reiteradamente a incumprir os seus deveres”.

 

Esta Direção com a força, entusiasmo e perseverança que nos conhecem vai resolver os erros do passado, a seu tempo e com a situação estabilizada recuperar o Estatuto de Utilidade Pública.

 

Matosinhos, 11 de Outubro de 2019

A Direção do Leixões Sport Club

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias