«Circunstâncias externas tiraram o foco da equipa»

Benfica 12-01-2019 21:21
Por Redação

Rui Vitória concedeu, na noite deste sábado, a primeira entrevista após a saída do comando técnico do Benfica, no passado dia 3 de janeiro. O ex-tecnico das águias confessou na TVI que se sente «magoado» com alguns aspectos ao longo dos últimos três anos e meio.

 

«Correu muita coisa bem e ao fim de três anos e meio terminámos este ciclo. Houve aspetos menos positivos mas acho que os positivos têm de prevalecer neste momento. O que acabámos por fazer deixa-me um grande orgulho a mim e também deixou os benfiquistas felizes na altura...

 

- Tentámos levar este barco a bom porto, houve vontade das duas partes para que isso acontecesse mas nesta parte final houve um grande desgaste. Com ninguém em particular, um desgaste generalizado. Coloquei o lugar à disposição e deixei o presidente à vontade para decidir como quisesse», começou por dizer o treinador, agora no Al-Nassr, que diz não ter sentido apoio da direção na fase final do seu ciclo no Benfica.

 

«Nesta fase final não senti tanto. Em determinados momentos houve uma maior influência vinda do exterior e senti-me mais sozinho. Muitas vezes tinha de estar em conferências de imprensa a responder a situações que não eram as que mais importavam para a equipa e, em virtude disso, surgiu o desgaste com os sócios. Do ano passado para cá houve menos união e isso para um treinador é importante. Houve uma série de circunstâncias à volta da equipa que fizeram com que o clube perdesse o foco do futebol. Aqueles jogadores têm de ser protegidos e o momento mais importante na semana de um grande clube serão sempre os 90 minutos.»

 

 

 

 

 

Ler Mais
Comentários (97)

Últimas Notícias