«Para os êxitos que queremos, precisamos de Rashford»

Manchester United 26.01.2023 19:14
Por Redação

A estupenda temporada do avançado internacional inglês Marcus Rashford no Manchester United, onde é companheiro de equipa de Diogo Dalot e Bruno Fernandes, mereceu esta quinta-feira elogios do próprio técnico neerlandês dos ‘red devils’, Erik Ten Hag.


«Para chegarmos aos êxitos que ambicionamos, precisamos dele [Rashford]», afirmou Ten Hag, citado no site do clube, encantado com os 18 golos do avançado internacional inglês, de 25 anos, esta época temporada, dez deles em nove dos dez jogos da equipa de Old Trafford desde o fim do Mundial do Catar-2022.


Com o golo inaugural do encontro no City Ground, na quarta-feira, na vitória dos ‘red devils’ ante o Nottingham Forest (3-0), no encontro da primeira mão das meias-finais da Taça da Liga, Rashford tornou-se o primeiro jogador do clube a apontar ou mais golos numa edição da Taça da Liga, o que não acontecia há 14 anos, quando o argentino Carlos Tevez marcou meia dúzia (2008/09).


E em toda a Premier League, só o norueguês Erling Haaland (Man. City), com 31 golos pelos bicampeões ingleses, suplanta a eficácia goleadora de Rashford, que, no total da temporada, em 29 jogos soma, além dos 18 golos, ainda mais seis assistências: ou seja, esteve em 24 dos golos do United.


E com o contrato de Rashford a terminar dentro de época e meia (junho de 2024), Ten Hag acabou por confirmar, embora sem fornecer quaisquer detalhes suplementares mais, que as negociações para segurar com o avançado – leia-se renovar – estão em curso.


«As conversas entre clubes e jogadores são confidenciais. Mas sei que o Manchester United é o seu clube. E isso vem em primeiro. Mas além disso, neste ambiente, nesta equipa, Marcus está a jogar o seu melhor futebol. Está a melhorar, e isso é bom. Emprega 100 por cento das suas energias em campo pela equipa, aplica-se, tem um bom plano de trabalho e nesta equipa podem sobressair as suas qualidades. Por isso digo que se queremos chegar ao sucesso que pretendemos, precisamos dele», afirmou Ten Hag sobre o dileto pupilo.


Vai para seis anos - desde a Taça da Liga inglesa e a Liga Europa UEFA de 2016/17, então ainda com o treinador José Mourinho ao leme da equipa – que o Man. United não conquista um título, o que faz soar os alarmes naquele que é o quarto clube com mais receitas do Mundo.


Um estatuto confirmado pelo estudo da consultora Deloitte publicado no corrente mês e relativo a 2021/22 – os ‘red devils’ caíram de terceiro para quarto, ultrapassados pelo vice-campeão inglês e europeu, o Liverpool, e ainda atrás do bicampeão inglês e rival da cidade, o Man. City (primeiro), e do campeão espanhol e europeu, Real Madrid.


«É a melhor sensação que podemos ter, conquistar um troféu. Na minha carreira, já tive a sorte de vencer alguns títulos: é magnífico, em especial para os adeptos do clube! Por isso, acaba por ser bom que os fãs do United tenham essa experiência de ganhar, em especial os mais velhos e essa exigência. Há muito tempo, demasiado já para o Man. United, que o clube nada conquista: estamos cientes disso e a tudo fazer para ganhar um ‘caneco’», afiançou Ten Hag.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal