Teresa Bonvalot falha apuramento histórico para o circuito mundial

Surf 03.12.2022 09:23
Por Redação

A portuguesa Teresa Bonvalot terminou a final do Haleiwa Challenger, no Havaí, no terceiro lugar, falhando por pouco o apuramento histórico para o circuito mundial de 2023.


Bonvalot precisava de um segundo lugar nesta sétima e última etapa do Challenger Series 2022 para garantir o quinto lugar no ranking, o último que dava acesso à elite feminina.


O terceiro lugar na etapa havaiana deixa a surfista de Cascais no sexto lugar do ranking com os mesmos pontos (25.490) de Sophie McCulloch. Em igualdade em termos de resultados nas sete etapas do circuito, o desempate acabou por ser determinado através dos segundo critério (maior número de vitórias em heats), no qual a australiana teve vantagem sobre Bonvalot.


A surfista da ‘casa’ Bettylou Johnson terminou o campeonato no primeiro lugar, com 29,970 pontos. As australianas Macy Callaghan (2.ª) e Molly Picklum (3.º) e a norte-americana Caitlin Simmers (4.º) completam, juntamente com Sophie McCulloch, o quadro de 12 atletas que no próximo ano vão participar no circuito mundial.


Apesar de ter falhado a qualificação que a tornaria na primeira surfista portuguesa a entrar na elite mundial, Teresa Bonvalot deverá garantir uma vaga como suplente, podendo entrar em algumas etapas em caso de lesão ou desistência de outras surfistas.


Na prova masculina, Frederico Morais também chegou ao último dia com possibilidades de garantir o regresso ao circuito mundial, porém, o apuramento do brasileiro Michael Rodrigues para as meias-finais deixou o português matematicamente fora da elite.


 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal