Grupo de Portugal: Uruguai e Coreia do Sul empatam

Mundial 2022 24.11.2022 15:03
Por António Barroso

O Uruguai, com Darwin Nuñez (ex-Benfica, agora no Liverpool) a jogar todo o encontro – e Ugarte e Coates (Sporting) suplentes não utilizados – e a Coreia do Sul, orientada pelo português Paulo Bento, empataram esta quinta-feira 0-0 no primeiro encontro do Grupo H, o mesmo de Portugal e Gana, neste Mundial do Catar, disputado no Estádio Education City, em Al Wakrah.


Saldou-se pelo quarto ‘nulo’ (0-0) deste Mundial um jogo intenso, entusiástico, técnica e taticamente rico mas em que à supremacia técnica da ‘celeste’ sul-americana contrapôs a Coreia do Sul uma enorme pressão e rapidez na circulação de bola, saldando-se o resultado por um empate que deixará o vencedor do outro encontro do Grupo H, Portugal ou Gana, que se defrontam a partir das 16 horas, na liderança do agrupamento desde já (1.ª jornada) em caso de vitória.


Interessante a movimentação de Darwin Nuñez na esquerda, e aos 81’ quase marcava, mas o remate saiu ao lado… e Cavani, entretanto lançado por Diego Alonso a render Luis Suárez, também não conseguiu o desvio.


Num jogo morno e equilibrado, especialmente na primeira parte, pode o Uruguai queixar-se… dos postes da baliza defendida por Seung-gyu, nos quais Godin (43’) e Federico Valverde (89’) acertaram em cheio, nas melhores ocasiões da ‘celeste’ durante o encontro, em que se aceita o empate, pois Hwang (34’) e Son (90’) também dispuseram de soberanas ocasiões para marcar.


Paulo Bento acabou ‘amarelado’ pelo árbitro francês, Clément Turpin, aos 90+8, mas a Coreia do Sul somou um ponto, tal como os uruguaios. Num jogo morno, em que qualquer das formações poderia ter vencido, menos mal e resultado justo, confirmando-se a ideia de rapidez da Coreia do Sul e a perfumada técnica de Valverde ou Betancur a perfumar o jogo dos uruguaios, como principais obstáculos para Portugal nos outros dois encontros que disputará no Grupo H.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias