Catarina Costa, vice-campeã europeia, e Rodrigo Lopes eliminados do Mundial de Tashkent

Judo 06.10.2022 10:26
Por Miguel Candeias, em Tashkent

Com Catarina Costa (-48 kg), uma das principais apostas de nacionais no campeonato para chegar ao pódio, e Rodrigo Lopes (-60 kg) a ficarem eliminados logo na ronda inaugural, foi rápida a participação portuguesa no primeiro dia do 35.º Mundial de Tashkent (Uzbequistão), que decorre na Humo Arena.


Num combate em que no primeiro minuto ainda conseguiu impor o seu judo, mas a partir daí passou a ter grandes dificuldades, Catarina (4.ª do ranking mundial), de 26 anos, que ficara isenta da ronda inicial por ser cabeça de série, viu-se afastada ante a alemã Katharina Menz (24.ª). Adversária que já enfrentara noutras quatro ocasiões e agora tem a desvantagem de 2 v-3 d.


Limitada desde os 1.21 minutos por já contabilizar dois castigos, a vice-campeã europeia da Académica de Coimbra, ainda pensou que seguiria em frente quando a árbitra lhe atribuiu wazari aos 25 segundos do ponto de ouro, mas que a mesa mandou retirar após reverem as imagens. Vinte e sete segundos mais tarde Menz terminava tudo ao somar um wazari tão questionável por aquele que havia sido anulado à portuguesa. Agora considerando que a anca de Catarina estava alinhada a 90º com o ombro que fora ao chão.


Quanto a Rodrigo (28.º), de 26 anos, que também sentiu dificuldades para aplicar o seu judo contra um adversário que já o derrubara no Grand Slam da Mongólia, em junho, viu-se afastado da prova ao ser imobilizado pelo sul-coreano Harim Lee (18.º) a 6 segundos do fim, mas neste caso quando já tinha a desvantagem de wazari há um minuto. 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias