A propósito de Jorge Fonseca: mais de 200 atletas de elite apoiam carta a Portugal

Mais Desporto 28.09.2022 19:23
Por Redação

A Sports Embassy, organização sem fins lucrativos que se dedica ao apoio a atletas no âmbito da sua preparação para a vida após a sua atividade desportiva, divulgou uma carta aberta a propósito do recente caso a envolver o judoca Jorge Fonseca, que chumbou nas provas culturais de acesso ao curso de formação de agentes da Polícia de Segurança Pública (ver notícia relacionada).

Escrita pela fundadora da Sports Embassy, Inês Caetano, a carta tem por ponto de partida a forma como os resultados das provas de acesso do judoca Jorge Fonseca à Polícia de Segurança Pública (PSP) foram publicamente discutidos, sem qualquer respeito pela dignidade do atleta, gerando ondas de desconforto pelo facto de os desportistas em Portugal não terem ao dispor programas de acompanhamento que os ajudem a manter uma carreira dual e na transição da carreira desportiva.

A carta, que pode ser lida aqui, tem já o apoio de mais de 200 atletas e ex-atletas de modalidades como voleibol, futsal, padel, hóquei em patins, atletismo, judo, basquetebol, râguebi, futebol, andebol, entre muitas outras.

«A adesão de tantos atletas de elite a esta carta é finalmente o início de um movimento de reforma. Chegou o momento de Portugal aprender respeitar os seus atletas e todos aqueles que defendem as cores nacionais. Não devemos pedir tratamento especial, regras diferenciadas, mas temos de exigir respeito e dignidade. Quando escrevemos esta carta, representando os muitos atletas com que lidamos no dia a dia, quisemos transmitir esta mensagem, e é com emoção – e sensação de dever cumprido – que constatamos que a reação em cadeia superou o que imaginámos. Convidamos todos os apaixonados pelo Desporto, todos os que respeitam os nossos atletas, a subscreverem esta carta e a juntarem-se a nós partilhando-a e divulgando-a para que possamos fazer a diferença. Juntos podemos influenciar um desporto mais justo e mais seguro para os praticantes, e esperamos que esta forte mensagem tenha a capacidade de mobilizar todos os agentes responsáveis para um desígnio que a todos é comum», destaca Inês Caetano.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias