Dinamarca venceu a França... faltou a ajuda da Áustria

Liga das Nações 25.09.2022 21:42
Por Eduardo Pedrosa Marques

A Dinamarca recebeu e venceu a França, por 2-0, numa partida da 6.ª e última jornada do Grupo A1 da Liga das Nações, realizada na noite deste domingo, no Estádio Parken, em Copenhaga (Dinamarca). Alexander Bah, defesa-direito do Benfica, entrou aos 90+1' para o lugar de Kristensen.


Porém, pode dizer-se que foi um triunfo amargo. Tudo porque, para conseguir o apuramento para a 'final-four' da prova, a Dinamarca estava obrigada a ganhar (cumpriu, portanto, a sua tarefa), mas também necessitava de uma ajuda da Áustria, na receção à Croácia. A formação croata entrava para esta derradeira ronda com um ponto a mais do que os dinamarqueses, e só uma escorregadela em solo austríaco (empate ou derrota) poderia ser favorável à Dinamarca. Mas a Croácia venceu na Áustria (3-1) e carimbou o passaporte para a fase de todas as decisões desta Liga das Nações.


Relativamente ao duelo desta noite, diante do conjunto gaulês, a Dinamarca venceu e... com toda a justiça. A França já não tinha qualquer hipótese de apuramento, é um facto, mas a verdade é que a equipa de Mbappé e companhia ainda corria o risco de ser despromovida à Liga B, uma vez que dispunha apenas de um ponto de vantagem em relação à Áustria. O que significa que a derrota francesa só não foi ainda mais negativa porque os austríacos também perderam.


Dolberg (34') e Skov Olsen (39') apontaram os golos da vitória da Dinamarca, que teve em Christian Eriksen um dos grandes destaques. O médio ofensivo voltou a pincelar o seu futebol com a classe que lhe é reconhecida, tendo sido o verdadeiro dínamo do ataque nórdico.


Mbappé e Griezmann, a espaços, tentaram dar um ar da sua graça, mas a excelente organização defensiva dos dinamarqueses aniquilou todas e quaisquer pretensões dos astros gauleses.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias