'Caso Hamraoui': as mensagens e a pesquisa no Google que tramaram Aminata Diallo

Paris Saint-Germain 20.09.2022 17:40

No dia 4 de novembro de 2021, Kheira Hamraoui, jogadora do PSG, foi arrastada para fora do carro e brutalmente agredida com barras de metal. Quase um ano após as agressões, a polícia judiciária de Versalhes acredita que a sua antiga colega de equipa, Aminata Diallo, detida há dias, é a responsável pelo ataque.


Segundo o relatório da polícia, foram encontradas mensagens de ódio no telemóvel da jogadora, «(…) desejo-lhe dor. É um obstáculo para a minha carreira». Para além das mensagens, a polícia apurou ainda que Diallo usou o seu computador pessoal para pesquisar informações sobre «como partir uma rótula» e «como fazer um  cocktail de drogas perigosas», dias antes das agressões à companheira de equipa.


Diallo encontra-se em prisão preventiva, juntamente com mais quatro indivíduos, alegadamente suspeitos de terem cometido as agressões.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias