Pulisic revela ‘traição’ de Tuchel: «Fiquei de boca aberta»

Chelsea 20.09.2022 17:20
Por Redação

Christian Pulisic trabalhou às ordens de Thomas Tuchel, primeiro no Borussia Dortmund e mais recentemente no Chelsea e admite não guardar muitas saudades do treinador alemão. A confidência foi feita pelo internacional norte-americano na autobiografia, intitulada Christian Pulisic: My Journey So Far, e reporta às meias-finais da Liga dos Campeões da temporada 2020/2021, onde os londrinos acabariam por ganhar o troféu.


«Fiz uma grande exibição no jogo em Madrid (Pulisic marcou o golo no empate 1-1) e o treinador disse-me que iria poupar-me no jogo seguinte, contra o Fulham, para estar fresco para a segunda mão. Não joguei um minuto no fim de semana e no dia do jogo da segunda mão, o Tuchel disse-me que, afinal, iria jogar com o Kai Havertz. Fiquei de boca aberta e muito desiludido. Ele tinha-me garantido que eu seria titular e foi por isso que, quando entrei a 25 minutos do fim, estava muito chateado», pode ler-se no livro.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias