Saída de Tuchel foi ´programada´ e já há três nomes apontados à sucessão

Chelsea 07.09.2022 12:03
Por Redação

Consumada a saída de Thomas Tuchel do Chelsea – cumpriu 100 jogos e a saída foi anunciada no dia em que a nova equipa proprietária faz 100 dias – já começam a ser desfilados nomes para a sucessão.


De acordo com a Sky Sports, na frente está Graham Potter, treinador do Brighton, atual 4.º classificado na Premier League; o Chelsea deverá ainda hoje pedir permissão para abordar o técnico - que curiosamente tirou de manhã a foto oficial da equipa para a época. Depois dois treinadores livres: Mauricio Pochettino, sem clube desde que foi afastado do Paris Saint-Germain, e Zinedine Zidane, que foi apontado ao clube parisiense mas continua sem clube.



Ainda sobre a saída de Tuchel, o jornal The Telegraph refere que a saída estava a ser preparada há muito, e não foi precipitada pela derrota em Zagreb. De resto, na nota publicada no site do Chelsea, é dito ser este «momento ideal para uma transição». 


Todd Boehly e Bejdad Eghbali, donos do Chelsea, estiveram no jogo e a derrota terá sido apenas uma forma de sublinhar a decisão que já havia sido tomada no clube, independentemente dos resultados. O jornal explica que foi durante a revisão dos proprietários dos seus primeiros 100 dias no comando que perceberam que Tuchel não estava alinhado com a ´nova cultura´ no Chelsea, apesar de o clube ter gastado mais de 280 milhões em reforços, incluindo Aubameyang no último dia de mercado.



Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias