Sporting vence Benfica e sagra-se bicampeão nacional

Futsal 25.06.2022 23:08
Por Eduardo Pedrosa Marques

O Sporting venceu o Benfica, por 4-3, no terceiro jogo da final do play-off, realizado na noite deste sábado, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, e sagrou-se bicampeão nacional de futsal.


Depois de terem ganho os dois primeiros jogos, ambos no prolongamento, os leões voltaram a bater as águias e fecharam as contas do campeonato.


Ao intervalo a história parecia contada, fruto dos golos de Pauleta, Diego Cavinato e Fernando Cardinal, mas a etapa complementar ofereceu uma história diferente, com os encarnados apostados em inverter o rumo dos acontecimentos para forçar o jogo 4. André Sousa reduziu a desvantagem, e nem o golo de Zicky Té aniquilou o sonho do Benfica. Os comandados de Pulpis ainda conseguiram ir buscar forças para reentrar na discussão do resultado, com um bis de Arthur a deixar a incerteza no marcador até final.


E no último segundo (!) o empate poderia mesmo ter sido uma realidade, mas Arthur, após canto de Robinho, atirou ao poste da baliza de Guitta.


Foi o canto do cisne para as águias e, a partir daí, o Pavilhão João Rocha, que esteve a rebentar pelas costuras, explodiu de alegria para festejar mais uma conquista dos leões sob o comando de Nuno Dias que, desta forma, passa a ser o treinador com mais títulos nacionais: foi o sétimo campeonato ganho pelo atual técnico do Sporting que, dessa forma, superou Orlando Duarte (6).


Recorde o filme do jogo:


Final da partida! Sporting 4 Benfica 3. O Sporting sagra-se bicampeão nacional de futsal.


40 minutos: Canto da direita de Robinho e Arthur, no centro da área, remata ao poste esquerdo da baliza de Guitta. 


40 minutos: Grande remate de Robinho, de meia distância, mas a bola tirou tinta ao poste direito da baliza de Guitta.


39 minutos: Pausa técnica solicitada por Nuno Dias, treinador do Sporting.


39 minutos: Golo do Benfica! Excelente jogada de Robinho pelo flanco direito e, já em cima da linha final, assistência perfeita para Arthur reduzir a desvantagem. 4-3.


37 minutos: Quinta falta cometida pelo Benfica. Faltam 3 minutos e 2 segundos para o final da partida.


37 minutos: Pausa técnica solicitada por Pulpis, treinador do Benfica.


37 minutos: Alex Merlim remata de longe, tentando aproveitar o facto de o Benfica não ter guarda-redes na baliza, mas a bola sai ligeiramente ao lado do poste.


36 minutos: Remate de Afonso Jesus à malha lateral da baliza de Guitta.


O Benfica passa a jogar em 5x4. Ivan Chishkala assume o papel de guarda-redes avançado. Faltam 5 minutos e 15 segundos para o final da partida.


34 minutos: Cartão amarelo a Afonso Jesus.


34 minutos: Quarta falta cometida pelo Benfica. 


34 minutos: Golo do Benfica! Excelente arrancada de Arthur pelo flanco esquerdo e nem a oposição de Zicky Té impediu o remate forte do brasileiro das águias para o fundo das redes da baliza de Guitta. 4-2.


33 minutos: Golo do Sporting! Zicky Té, à boca da baliza, só teve que encostar. 4-1.


32 minutos: Cartão amarelo a Zicky Té e Rômulo.


31 minutos: Segunda falta cometida pelo Sporting.


31 minutos: Terceira falta cometida pelo Benfica.


30 minutos: Pauleta, depois de fletir da direita para o centro, remata forte, com o pé esquerdo, fazendo a bola sair muito perto do poste esquerdo da baliza de André Sousa.


29 minutos: Cartão amarelo a Pauleta.


29 minutos: Primeira falta cometida pelo Sporting.


28 minutos: Passe de Carlos Monteiro e o desvio de Arthur, de primeira, com o pé direito, é devolvido pelo poste esquerdo da baliza de Guitta.


26 minutos: Segunda falta cometida pelo Benfica.


26 minutos: Golo do Benfica! Remate de longe de André Sousa, a bola desvia subtilmente em Alex Merlim e entra na baliza de Guitta. 3-1.


25 minutos: Primeira falta cometida pelo Benfica.


24 minutos: Robinho, à entrada da área, e vendo o adiantamento de Guitta, tenta picar a bola, mas o guarda-redes leonino, em cima da linha da área, agarra.


23 minutos: Passe açucarado de Pany Varela e Pauleta, à boca da baliza, desvia de primeira, valendo a excelente intervenção de André Sousa a negar o quarto golo dos leões.


22 minutos: Ivan Chishkala, depois de tirar Zicky Té do caminho, rematou forte, mas à figura de Guitta.


Início da segunda parte!


O Sporting tem uma mão e meia no título. Os leões vão para o descanso a vencer por 3-0, fruto de uma primeira parte extremamente competente e que chegou a ter momentos de grande brilhantismo. 


Pauleta, logo aos 5 minutos, inaugurou o marcador, na sequência de uma assistência de Erick Mendonça, cabendo a Diego Cavinato, aos 13, e após uma  reposição lateral de Alex Merlim, aumentar a vantagem. 


O Benfica podia ter reduzido aos 17 minutos, mas Arthur, na conversão de um livre de 10 metros (sexta falta cometida pelo Sporting), atirou ao poste direito da baliza de Gonçalo Portugal, que foi chamado a jogo para tentar defender a bola parada. 


Não marcaram as águias... voltaram a marcar os leões. Já perto do intervalo, e depois de um excelente trabalho de Pauleta pela direita, Fernando Cardinal, à entrada da área, atirou a contar e deu ainda maior vantagem aos comandados de Nuno Dias. E o 3-0 voltou a potenciar uma enorme festa do público presente no Pavilhão João Rocha, que sente que as contas do título podem ficar fechadas já esta noite...


Intervalo! Sporting 3 Benfica 0.


20 minutos: Pausa técnica solicitada por Nuno Dias, treinador do Sporting.


18 minutos: Golo do Sporting! Trabalho de Pauleta pelo flanco direito e assistência perfeita para Fernando Cardinal que, à entrada da área, só teve que encostar para o 3-0.


17 minutos: Arthur, na transformação do livre de 10 metros, remata ao poste direito da baliza de Gonçalo Portugal (que foi chamado à baliza leonina para defender esta bola parada).


17 minutos: Sexta falta cometida pelo Sporting. O Benfica vai beneficiar de um livre de 10 metros.


16 minutos: Cartão amarelo a Jacaré.


16 minutos: Quinta falta cometida pelo Benfica. Faltam 4 minutos e 17 segundos para o intervalo.


16 minutos: Lançamento manual de André Sousa, de uma área à outra, e Arthur, depois de saltar mais alto do que Guitta, cabeceia à barra da baliza leonina.


16 minutos: Alex Merlim, depois de uma excelente jogada individual, rematou a rasar a barra da baliza de André Sousa.


14 minutos: Quinta falta cometida pelo Sporting. Faltam 6 minutos e 17 segundos para o intervalo.


14 minutos: Quarta falta cometida pelo Sporting.


Mais de 10 minutos depois a partida é retomada em Alvalade.


Frederico Varandas, presidente do Sporting, está na tribuna de honra do Pavilhão João Rocha a assistir ao dérbi eterno.


Um problema com um acrílico que está por trás do banco do Benfica obrigou à interrupção da partida. Os ânimos estão calmos, não há problemas a registar nas bancadas, sendo que a dupla de arbitragem aguarda apenas que seja limpo o piso junto ao banco de suplentes dos encarnados para que a partida possa ser retomada.


13 minutos: Golo do Sporting! Bola parada cobrada por Alex Merlim e Diego Cavinato, na cara de André Sousa, desvia para o 2-0.


12 minutos: Cartão amarelo a Fernando Cardinal.


12 minutos: Cartão amarelo a Bruno Cintra.


12 minutos: Quarta falta cometida pelo Benfica.


12 minutos: Remate forte de Erick Mendonça, por cima da barra da baliza de André Sousa.


12 minutos: Cartão amarelo a Robinho.


12 minutos: Terceira falta cometida pelo Benfica.


12 minutos: Passe longo de Pany Varela e remate de primeira de Fernando Cardinal, em rotação, para defesa atenta de André Sousa.


11 minutos: Segunda falta cometida pelo Benfica.


10 minutos: Terceira falta cometida pelo Sporting.


10 minutos: Remate frontal de Afonso Jesus, com a bola a sair a rasar o poste direito da baliza de Guitta.


10 minutos: Assistência de Afonso Jesus e Arthur, com tudo para empatar, remata enrolado, ao lado.


9 minutos: Segunda falta cometida pelo Sporting.


9 minutos: No seguimento do lance, Guitta tenta aproveitar o adiantamento de André Sousa, mas o remate do internacional brasileiro sai ligeiramente ao lado da baliza das águias.


9 minutos: Passe de André Sousa e Arthur, de cabeça, atira à figura de Guitta.


8 minutos: Pausa técnica solicitada por Pulpis, treinador do Benfica.


8 minutos: Primeira falta cometida pelo Benfica.


7 minutos: Passe de Zicky Té para Diego Cavinato, com o remate do internacional italiano a ser travado por André Sousa.


7 minutos: Robinho tenta a sua sorte, de muito longe, mas a bola sai ao lado do poste direito da baliza de Guitta.


7 minutos: Remate de Tomás Paçó para uma bela intervenção de André Sousa.


5 minutos: Golo do Sporting! Assistência de Erick Mendonça e Pauleta, à entrada da área, remata de primeira, de pé direito, para o primeiro da noite em Alvalade. 1-0.


4 minutos: Mais uma séria ameaça do Sporting e outra vez por Pany Varela: o remate frontal do número 18 dos leões bate no poste esquerdo da baliza de André Sousa.


4 minutos: Afonso Jesus, depois de um belo trabalho individual, vê Guitta negar-lhe o golo.


3 minutos: Pany Varela, de meia distância, testa a atenção de André Sousa, com o guarda-redes encarnado a defender para canto.


2 minutos: Robinho, descaído para o flanco direito, remata de pé esquerdo, a rasar o poste da baliza de Guitta.


2 minutos: Remate cruzado de Ivan Chishkala, defesa apertada de Guitta, e Afonso Jesus, na recarga, atira por cima da barra.


2 minutos: Primeira falta cometida pelo Sporting.


1 minuto: Remate cruzado de Alex Merlim, com a bola a sair muito perto do poste direito da baliza de André Sousa.


Início da partida!


Benfica (cinco inicial): André Sousa, Rômulo, Robinho C, Ivan Chishkala e Rocha 

Treinador: Pulpis


Sporting (cinco inicial): Guitta, Tomás Paçó, João Matos C, Diego Cavinato e Alex Merlim 

Treinador: Nuno Dias


Árbitros: Cristiano Santos e Rúben Santos (AF Porto)


Já há equipas!


Bernardo Paçó, Waltinho, Caio Ruiz e Miguel Ângelo foram os jogadores preteridos por Nuno Dias, treinador do Sporting.


Robinho está de regresso às opções de Pulpis. Ao invés, o treinador das águias não pode contar com Tayebi, lesionado. Diego Roncaglio e Nílson, ambos por opção, não entram nas contas do técnico espanhol.


Recorde-se que o Sporting venceu os dois primeiros jogos (5-4 e 4-3), ambos no prolongamento.


Sporting e Benfica medem forças na noite deste sábado (21 horas), no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, no jogo 3 da final do play-off do campeonato nacional de futsal. Em caso de vitória, os leões sagram-se automaticamente campeões nacionais. O Benfica, por seu turno, querem impedir a festa verde e branca, derrotando o eterno rival e mantendo bem viva a chama do título. Como sempre, A BOLA online vai contar-lhe tudo sobre o melhor dérbi de futsal do mundo. Já está equipado, caro leitor? É que vai jogar de início...


Boa noite!



Ler Mais
Comentários (138)

Últimas Notícias