Estreia quase 20 anos depois da primeira chegada ao clube

Manchester United 09-12-2021 00:11
Por Redação

Já com o 1.º lugar do Grupo F da Liga dos Campeões assegurado, Ralf Rangnick poupou várias das principais figuras do plantel e lançou jogadores menos utilizados no empate (1-1) do Manchester United na receção ao Young Boys. Alguns deles saíram do banco, como Tom Heaton, que se estreou pela equipa principal quase 20 anos depois da sua primeira chegada ao clube.

 

O guarda-redes que substituiu Dean Henderson na noite desta quarta-feira – aos 68 minutos do jogo com a formação suíça – entrou no universo dos red devils muito jovem, na época 2002/03, para reforçar a equipa de sub-17, proveniente do Wrexham. Percorreu, depois, todos os escalões de formação e até chegou a ser promovido por sir Alex Ferguson ao convívio das maiores estrelas do conjunto inglês.

 

Seguiram-se várias experiências por empréstimo – Swindon Town, Antuérpia (Bélgica), Cardiff, Queens Park Rangers, Rochdale e Wycombe –, intervaladas por temporadas sem competição em Old Trafford. Que abandonou, definitivamente, em 2010, a convite do Cardiff.

 

Entretanto, o internacional inglês – fez três jogos pela seleção dos três leões – representou Bristol, Burnley e Aston Villa, até, neste defeso, surgir a proposta para regressar ao seu United. Com De Gea a descansar, teve, agora, direito a ouvir o apito inicial de um jogo de Champions sentado no banco de suplentes, longe de imaginar que esta seria a noite em que cumpriria um sonho antigo. Aos 35 anos.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias