A BOLA, Rúben Amorim e Sporting nos premiados do CNID

Mais Desporto 06-12-2021 22:47
Por Gabriela Melo

É num contexto de «crise terrível» da comunicação social, segundo o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que a Associação dos Jornalistas de Desporto (CNID) distinguiu, esta segunda-feira, no Mercado de Santa Clara, em Lisboa, os premiados de 2019 a 2021, dos quais se destacam os treinadores vencedores da I e II Ligas, Rúben Amorim e Bruno Pinheiro, sem esquecer atletas das modalidades.
 

Na cerimónia a assinalar os 55 anos do CNID, ainda não foram conhecidos os melhores atletas deste ano. A organização entregou os Prémios CNID respeitantes à última época desportiva, dos quais se destacam o campeão e vice-campeão olímpico Pedro Pichardo e Patrícia Mamona, respetivamente, além dos dois treinadores e do Sporting, considerado o melhor clube, não só pela conquista do título do futebol, mas também de hóquei em patins, futsal e basquetebol.

«É um prémio que me deixa muito satisfeito e honrado. Foi a minha primeira época como treinador de futebol profissional e fico muito feliz por ver esse trabalho reconhecido pelo CNID. É mais um extra para amanhã quando nos apresentarmos no trabalho», enalteceu Bruno Pinheiro, o único dos treinadores presentes, já que Rúben Amorim «está a trabalhar para ganhar o do próximo ano», em Amesterdão, Países Baixos, onde defronta o Ajax, como afirmou a representante do Sporting encarregue de receber o prémio.
 

O CNID entregou ainda os prémios de melhores do ano a Fu Yu e Jorge Fonseca (ausente), referentes a 2019, e a Maria Martins e João Almeida, relativos a 2020, adiados devido à pandemia.

Foram ainda distinguidos vários jornalistas, dos quais se destacam o diretor de A BOLA, Vítor Serpa, na qualidade de sócio honorário, e o diretor-adjunto deste jornal, José Manuel Delgado, agraciado com o Prémio David Sequerra, pela carreira.
 

Todos felicitados por Marcelo Rebelo de Sousa que, numa mensagem gravada, se declarou «solidário com a luta dos jornalistas» em tempo de crise profunda do sector: «A comunicação tem passado por uma crise terrível, que se agravou com a pandemia. Acompanho com atenção as condições socio-económicas da vossa atividade e sou solidário com a vossa luta, para bem do desporto português e da democracia em Portugal. Onde não há uma comunicação social forte, não pode haver uma democracia forte.»

 

Prémios CNID 2020/21

 

Atletas

Iuri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua) - Ciclismo

Ana Catarina Pereira (Benfica) - Futsal

Pedro Pichardo (Benfica) - Atletismo

Patrícia Mamona (Sporting) - Atletismo

Filipa Martins (Acro Clube da Maia) - Ginástica


Treinadores

Ruben Amorim (Sporting) - Futebol

Bruno Pinheiro (Estoril-Praia) - Futebol


Clube     

Sporting - Futebol, hóquei, futsal e basquetebol

 

Prémios 2020:
 

Maria Martins (Drops) - Atleta do ano/Ciclismo

João Almeida (Deceunink-Quick Step) - Atleta do ano/Ciclismo

Federação Portuguesa de Ciclismo - Federação do Ano

Norberto Mourão - desporto adaptado/Canoagem

 

Prémios 2019:

Fu Yu (GD Estreito) - Atleta do ano/Ténis de Mesa

Jorge Fonseca (Sporting) - Atleta do ano/Judo

Bernardo Silva (Manchester City) - Melhor futebolista no estrangeiro

Maria Martins (Drops) - Prémio Revelação/Ciclismo

Veja as fotos na galeria em cima (Rui Raimundo/ASF)

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias