Leões visam Rui Costa e pedem repetição do jogo no Jamor

Sporting 29-11-2021 23:13
Por Redação

Miguel Braga, diretor de comunicação do Sporting, utilizou o espaço no canal televisivo do clube para criticar a realização do Belenenses SAD-Benfica, no passado sábado.

 

«A questão é perguntar: porque se realizou o jogo? Há coisas que têm de ser ditas. O que se passou foi uma vergonha e causou danos reputacionais incalculáveis ao futebol português. Se todos estavam incomodados porque é que o jogo se realizou? Parece que foi tudo uma enorme embrulhada e a culpa não pode morrer solteira. A culpa? Foram dos intervenientes daquele que foi um espetáculo degradante», disse o dirigente dos leões, falando de seguida em Rui Costa, presidente do Benfica que no último sábado acusou os leões de hipocrisia (ver notícia em anexo).

 

«Depois, alguém tentou comparar o incomparável com o que se passou num circo em janeiro de 2020. Existem só algumas diferenças. Um jogo foi antes da pandemia e este não. Num existia uma nova estirpe do vírus e no outro houve uma gastroenterite que assolou o Vitória de Setúbal Setúbal. Por tudo isto, deduzo que Rui Costa não foi bem aconselhado e veio tentar comparar aquilo que não tem comparação. Recordo, já agora, que nesse jogo o Sporting propôs uma junta médica que foi recusada pelo Vitória de Setúbal que entrou com onze, um guarda-redes e com cinco suplentes.»

 

Miguel Braga exigiu ainda a repetição do jogo no Jamor, algo que já foi solicitado pelo Belenenses SAD.

 

«Por tudo isso esta comparação foi infeliz e ficou muito mal a Rui Costa. O jogo devia ser repetido pela verdade desportiva. E ficam muitas questões no ar. Porque o Belenenses SAD não fez o que fez logo aos 5 segundos de jogo? Fica mal ao Rui Costa meter tudo no mesmo saco.»

Ler Mais
Comentários (183)

Últimas Notícias