«Resultado foi duro»

Famalicão 18:07
Por Redação

Ivo Vieira não conseguiu que o Famalicão mantivesse a onda de resultados positivos e a equipa continua sem vencer em casa, depois de seis jogos disputados no Municipal. O treinador dos minhotos justificou a derrota devido à «infelicidade» e à «eficácia» do adversário.

 

«Sofremos o primeiro golo fruto de infelicidade, mas faz parte do jogo. A eficácia do Portimonense também sobressaiu de forma nítida. Os meus jogadores lutaram, tentaram finalizar, chegamos muitas vezes ao último terço, embora sem clarividência, quando ainda estava 0-0 e já numa situação de desvantagem. O resultado é exagerado, mas o Portimonense procurou esse resultado e algumas vezes em transição colocou em causa nosso processo defensivo. Foi um resultado duro», admitiu o responsável dos famalicenses.

 

Ivo Vieira ainda procurou inverter o rumo dos acontecimentos ao intervalo, introduzindo três alterações. «Pretendia dar mais audácia. Ideia que ficou nítidas nos primeiros 20/30 minutos, em que procurámos o golo. Tivemos várias situações de cruzamento, mas não contámos com a felicidade na concretização. Num lance novamente em transição, o jogador do Portimonense isola-se... A responsabilidade é minha pelo posicionamento da equipa. Quando estávamos a procurar entrar no jogo sofremos novo golo. O Portimonense foi uma equipa mais crescida na abordagem e na tomada de decisão», reconheceu, ainda, o mesmo técnico.

 

As consequências do pesado desfecho de 3-0 não afetará o conjunto minhoto, defende Ivo Vieira, concretizando: «Perdemos apenas três pontos, que são muitos para aquilo que procurávamos. Sabemos o que fizemos no jogo. Cometemos erros, eu cometi mais por ser o treinador. Queríamos ganhar pela primeira vez em casa, pois os adeptos merecem. Assim, não podem ter expressão de satisfação quando se perde 3-0 em casa. Os jogadores tentaram, trabalharam, mas as coisas não aconteceram.»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias