FC Porto vence Benfica e cimenta liderança

Hóquei em patins 21-10-2021 21:47
Por Eduardo Pedrosa Marques

O FC Porto venceu o clássico frente ao Benfica, por 4-3, e mantém a liderança do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Carlo Di Benedetto (3) e Gonçalo Alves marcaram os golos dos dragões, cabendo a Carlos Nicolía (2) e Lucas Ordóñez apontarem os tentos das águias.

 

Os dragões, com uma entrada mortífera, chegaram rapidamente 3-0, resultado que se verificava ao intervalo. 

Na etapa complementar, o cenário inverteu-se, o Benfica reagiu de forma enérgica, marcou dois golos nos primeiros três minutos e, pouco depois, logrou mesmo chegar ao empate.

 

Porém, os azuis e brancos voltaram à carga e acabaram por conseguir regressar à liderança do marcador, não mais a perdendo. Desta forma, os comandados de Ricardo Ares somaram o sétimo triunfo em outros tantos jogos (21 pontos), ao passo que os encarnados somaram a quarta derrota em sete jogos, mantendo, assim, os 9 pontos com que tinham entrado para esta 7.ª jornada.

 

Confira o filme do jogo:

 

Final da partida.

 

50 minutos - Cartão azul para Nuno Resende, treinador do Benfica, por protestos.

 

50 minutos - Na transformação do livre direto, Gonçalo Alves volta a permitir a defesa de Pedro Henriques.

 

50 minutos - Décima quinta falta cometida pelo Benfica. Livre direto para o FC Porto, a 14 segundos do fim.

 

47 minutos - Desconto de tempo pedido por Nuno Resende, treinador do Benfica. 

 

45 minutos - Tudo em aberto para os últimos cinco minutos da partida. O FC Porto vence por 4-3, já podia ter dilatado o marcador, mas o Benfica também já teve oportunidades para marcar. Serão uns instantes finais frenéticos no Dragão Arena...

 

43 minutos - Gonçalo Alves, de livre direto, permite a defesa de Pedro Henriques.

 

43 minutos - Décima falta cometida pelo Benfica. Vamos ter livre direto para o FC Porto.

 

43 minutos - Após assistência de Telmo Pinto, remate de primeira de Rafa para bela intervenção de Pedro Henriques.

 

40 minutos - Remate de longe de Ezequiel Mena, defesa com a máscara de Pedro Henriques.

 

38 minutos - Golo do FC Porto. Carlo Di Benedetto, já dentro da área, roda de forma perfeita e atira a contar. 4-3.

 

37 minutos - Grande oportunidade para o Benfica: remate forte de Lucas Ordóñez, à barra da baliza de Xavi Malián.

 

37 minutos - Grande oportunidade para o FC Porto: Carlo Di Benedetto, sem oposição, remata ligeiramente por cima da baliza de Pedro Henriques. 

 

35 minutos - Cumpridos os primeiros dez minutos da segunda parte, tudo empatado no Dragão Arena. O Benfica reagiu em grande nível à desvantagem (0-3) com que tinha ido para o intervalo, e nos instantes iniciais da etapa complementar já conseguiu chegar ao empate, fruto dos golos de Carlos Nicolía (2) e de Lucas Ordóñez. No capítulo das faltas, os dragões têm 11 (o Benfica já beneficiou de um livre direto, na altura em que os dragões cometeram a décima falta) e as águias têm 9 (à próxima infração cometida, há livre direto para o FC Porto).

 

34 minutos - Golo do Benfica. Lucas Ordóñez, depois de fugir à marcação de Gonçalo Alves, remata para o 3-3.

 

33 minutos - Desconto de tempo pedido por Nuno Resende, treinador do Benfica.

 

33 minutos - Na sequência de uma jogada de contra-ataque, e após passe de Diogo Rafael, Pablo Álvarez remata para uma excelente intervenção de Xavi Malián.

 

30 minutos - Tal como o FC Porto entrara de forma letal na primeira parte... o Benfica fez o mesmo na segunda. Cumpridos os primeiros cinco minutos da etapa complementar, as águias já marcaram por duas vezes (bis de Carlos Nicolía, ambos de livre direto) e reduziram a desvantagem para a margem mínima. Está aceso o clássico no Dragão Arena...

 

28 minutos - Remate de Carlos Nicolía ao poste da baliza azul e branca.

 

27 minutos - Golo do Benfica. Carlos Nicolía, de novo na transformação de um livre direto, bate Xavi Malián e reduz para 3-2.

 

27 minutos - Cartão azul para Carlo Di Benedetto e livre direto para o Benfica.

 

25 minutos - Golo do Benfica. Carlos Nicolía, na transformação do livre direto, remata para o fundo da baliza de Xavi Malián. 3-1.

 

25 minutos - Logo aos 7 segundos da segunda parte, o Benfica vai beneficiar de um livre direto, na sequência da décima falta cometida pelo FC Porto.

 

Início da segunda parte.

 

Intervalo. O FC Porto vai para o descanso com uma vantagem confortável (3-0). Os dragões entraram de forma absolutamente avassaladora, marcando três golos - bis de Carlo Di Benedetto e um de Gonçalo Alves (de livre direto) - nos primeiros quatro minutos, deixando o Benfica sem reação nos instantes iniciais. Os encarnados demoraram a entrar verdadeiramente na partida, mas, quando conseguiram assentar o seu jogo, equilibraram as operações e já poderiam ter reduzido. A ocasião mais flagrante esteve no stick de Diogo Rafael, mas o capitão das águias desperdiçou um penálti, superiormente defendido por Xavi Malián. A segunda parte promete ser intensa no Dragão Arena, que está praticamente cheio.  

 

20 minutos - Penálti para o Benfica. Na transformação, Diogo Rafael remata para uma grande defesa de Xavi Malián.

 

20 minutos - Remate de Reinaldo García ao poste. Que bomba do argentino do FC Porto!

 

19 minutos - Assistência de Ezequiel Mena e remate de Telmo Pinto para grande defesa de Pedro Henriques.

 

17 minutos - Em contra-ataque, Telmo Pinto esteve próximo de marcar. Valeu ao Benfica a defesa de Pedro Henriques.

 

15 minutos - Remate de longe de Carlos Nicolía, de longe, para mais uma bela intervenção de Xavi Malián.

 

12 minutos - Desconto de tempo solicitado por Ricardo Ares. O técnico portista percebeu que o Benfica tinha melhorado e, por certo, aproveitou este minuto para corrigir algumas situações. Das bancadas do Dragão Arena, que estão praticamente repletas, continua a emanar um forte apoio aos jogadores do FC Porto. 

 

10 minutos - Fase de maior equilíbrio na partida, com o Benfica a melhorar no capítulo defensivo e a tentar criar situações de perigo junto da baliza do FC Porto. Mas os comandados de Ricardo Ares, fruto da vantagem de três golos, estão, naturalmente, muito mais confiantes em pista...

 

6 minutos - Quase marca o Benfica. Remate de Edú Lamas para defesa de Xavi Malián. Na recarga, Gonçalo Pinto também tentou a sua sorte, mas o guarda-redes espanhol voltou a ser gigante na baliza dos azuis e brancos.

 

4 minutos - Golo do FC Porto. Gonçalo Alves, na transformação do livre direto, aumenta para 3-0 a favor dos dragões.

 

4 minutos - Cartão azul para Diogo Rafael, por protestos. Vai haver livre direto para o FC Porto.

 

4 minutos - Golo do FC Porto. Carlo Di  Benedetto, com um stickada cruzada, sobre o lado esquerdo, faz o 2-0. Bisa o jogador francês.

 

1 minuto - Golo do FC Porto. Carlo Di Benedetto (50 segundos), aproveita um ressalto de bola, dentro da área do Benfica, para abrir o ativo. 1-0.

 

Cinco iniciais:

 

FC Porto: Xavi Malián, Telmo Pinto, Carlo Di Benedetto, Xavier Barroso e Gonçalo Alves.

Benfica: Pedro Henriques, Diogo Rafael, Edú Lamas, Lucas Ordoñez e Gonçalo Pinto.


Equipa de arbitragem: Sílvia Coelho e Pedro Figueiredo

 

Ler Mais
Comentários (55)

Últimas Notícias