Dupla Badalo/Correia com dramático apuramento para os 'oitavos' nos Europeus

Snooker 15-10-2021 23:58
Por António Barroso

Uma hora de respiração em suspenso para as cores nacionais, num desempate apenas com a bola preta na mesa, primeiro entre Portugal e Bélgica (Wesley Pelgrims e Peter Bullen), depois entre Portugal e Israel (Shachar Ruberg e David Valtzman) e, por fim, entre os dois rivais da dupla lusa Diogo Badalo/Henrique Correia, no momento mais sensacional do dia, a encher a principal mesa do Vidamar Resort Hotel Algarve, marcou o apuramento do par para os oitavos de final da prova de Equipas Masculinas dos ESC Online Campeonatos Europeus de Snooker esta sexta-feira, nos Salgados (Albufeira).

 

Um empate absoluto entre ‘frames’ ganhos e perdidos entre todas as equipas do Grupo G (5 conquistados, outros tantos concedidos) forçou a um inédito desempate que mais pareceu ‘shoot out’ de pool, ou ‘respotted black’: apenas bola preta na mesa, quatro jogos de singulares e um de pares, vencia quem embolsava.

 

Após bater a Bélgica por 4-1 e baquear 0-5 ante Israel ante uma plateia que encheu por completo a Sala Salgados da unidade hoteleira pelo inédito e inusitado da situação – a tensão sentiu-se durante uma hora -, Diogo Badalo e Henrique Correia tiveram a confirmação de seguir em frente, para os oitavos de final (ou melhor, a ronda 'Last 14', com apenas sete jogos), a jogar no sábado, dia 16, às 10 horas (mesa 3) diante da Rússia (Ivan Kakovskii, vice-campeão europeu 2021, e Andrei Karasov).

 

Foi grande a festa lusa, após o sofrimento, com os outros jogadores nacionais em prova esta sexta-feira na prova de Equipas Seniores – Paulo Pereira, João Roque, Pedro France e Alexandre Almeida, além de João Esteves da Silva e Miguel Silva – a vibrarem, bem como dezenas de outros curiosos, em momento raro.

 

Certo é que, com as três finais das provas de Equipas (Masculinas, Femininas e de Seniores, estas para jogadores com mais de 40 anos) agendadas para as 11 horas da manhã de domingo, dia 17, além dos oitavos de final, no sábado os sobreviventes em prova vão ter de acelerar e jogar também ‘quartos’ e ‘meias’…

 

Equipas Seniores eliminadas mas com brio

 

A expectativa para sábado reside no amadorense Diogo Lourenço Badalo e no vianense Henrique Correia, únicos (e últimos) sobreviventes lusos a competir neste enorme evento organizado pela European Billiards and Snooker Association (EBSA) e pela Federação Portuguesa de Bilhar, a esperança em Portugal continuar a lutar nos panos verdes até ao último de 16 dias de competições dos ESC Online Campeonatos Europeus de Snooker.

 

Isto porque na prova de Equipas Seniores, Portugal viu as suas duplas eliminadas. Pedro France e Alexandre Almeida chegaram a estar a vencer por 2-0 a Inglaterra (David Brown e Wayne Brown), mas baquearam ante um dos crónicos favoritos: 2-3. Um filme com sequela depois, diante da Suíça (Jonni Fulcher e Urs Freitag), em que ainda igualaram 1-1 mas viram os helvéticos disparar a partir daí e só pararem a 1-4. Cerca das 23 horas teve início o jogo com a França (Jéremy Dorchies e Jean-Marc Beauchamp) a fechar o Grupo D, que os 'bleus' venceram já sem discussão (0-5).

 

Dois duplos desaires pela margem mais pesada (0-5), diante da Irlanda (Frank Sarsfield e Mark Tuite) e Malta (Duncan Bezzina e Philip Ciantar) arrumaram a questão e o sonho do apuramento da outra dupla nacional, João Roque e Paulo Pereira, que só às 23 horas iniciou, igualmente o último jogo do grupo, ante a Polónia (Marek Zubrzycki e Robert Sekula). Mas conseguiram o ponto de honra, lutando por dignificar as quinas ao peito... e ganharam 3-2 aos polacos, à despedida. Se não deu para chegar aos dois primeiros lugares do grupo e seguir em prova, mostrou que quem sabe nunca esquece.

 

11.º título de Darren Morgan nos Seniores, 13.º de Wendy Jans: o dia dos clássicos favoritos serem campeões

 

Tudo isto numa sexta-feira em que a belga Wendy Jans, de 38 anos, conseguiu o seu 13.º título europeu feminino (4-1 à inglesa Jamie Hunter na final) e o galês Darren Morgan, de 55 anos, somou o 11.º título em Seniores (jogadores com mais de 40 anos): 4-0 ao irlandês Frank Sarsfield no duelo decisivo.

 

Mais dois campeões europeus encontrados nos Salgados, depois do belga Ben Mertens (sub-18), do galês Dylan Emery (sub-21), do estónio Andres Petrov (‘Seis Vermelhas’) e do inglês Oliver Brown (prova principal, Absolutos). São já seis, e os últimos três – Equipas Masculinas, Equipas Femininas e Equipas Seniores – vão ser encontrados nas finais de domingo, dia 17, para já agendadas para as 11 horas da manhã no VidaMar Resort Hotel Algarve.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias