«Reconhecimento do trabalho de todos os portugueses»

Futebol 01-10-2021 08:14
Por Pedro Soares

DIA D, ontem, para o desporto português, o futebol em particular, com a libertação da lotação máxima dos recintos desportivos, que já a partir deste fim de semana podem voltar a ter casa cheia depois das novas orientações ontem anunciadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Medidas naturalmente saudadas pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.


«É o reconhecimento do que foi o trabalho de todos nós, portugueses, que combatemos com sucesso esta pandemia, fizemos do País caso de sucesso na vacinação, e agora é o corolário lógico do processo com 100 por cento da lotação. Não quer dizer que não vamos continuar a ter comportamento responsável no uso de máscaras, que vai continuar a ser obrigatório nos estádios, para além do certificado de vacinação», comentou o governante, à margem da apresentação do livro do antigo árbitro Duarte Gomes. O titular da pasta abordou, também, a fraca adesão ao Cartão do Adepto e as muitas críticas que subsistem, não se mostrando preocupado.


«Todas as observações negativas, críticas e destrutivas do Cartão do Adepto, quando vejo de onde vêm, vêm de minoria reduzida de pessoas às quais não interessa o cartão porque este combate justamente o tipo de comportamentos que não queremos no Desporto. A esmagadora maioria dos portugueses concorda com a medida, porque sabe que é para combater os fatores criminosos, erradicar e afastar dos estádios pessoas que não têm de lá estar. Os que se sentem atacados estão a reagir, mas tenho a certeza absoluta de que daqui a poucas semanas não falaremos sobre isso», afirmou.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias