Açorianos estranham avaliação negativa do relvado

Santa Clara 28-09-2021 15:06
Por Redação

A direção da SAD do Santa Clara disse estar surpresa com a avaliação negativa ao relvado do Estádio de São Miguel, depois da receção ao SC Braga, e que vai impedir a equipa de usar o recinto para se treinar até ao próximo jogo oficial, agendado para 23 de outubro, diante do Famalicão, em partida correspondente à 9.ª jornada. 

 

O clube açoriano estranha a decisão, sublinhando que apesar da chuva o relvado teve «comportamento bastante aceitável» e não foi colocado em causa por nenhum dos intervenientes.

 

Eis o comunicado: 

 

«A Santa Clara Açores, Futebol S.A.D. vem por este meio manifestar surpresa pela avaliação negativa atribuída pela Liga Portugal ao relvado do Estádio de São Miguel, referente à partida do último domingo, disputada frente ao Sporting Clube de Braga.

 

Dita avaliação causa estranheza pelo facto de, não obstante a imensa chuva que se fez sentir no dia anterior, e no próprio domingo, o relvado ter demonstrado um comportamento bastante aceitável – tendo em conta, sobretudo, os constrangimentos supramencionados. Ademais, o estado do piso não foi visado ou atribuído com relevância como parte da cobertura da comunicação social, nem dos treinadores, não tendo sido, em algum momento, dado como fator condicionador do jogo.

 

Qualquer avaliação, independentemente do cariz, não pode partir de parâmetros descontextualizados, nem unicamente ser reportada a fatores medidos de forma subjetiva. Tanto nesta partida, como na anterior realizada em condições semelhantes no Estádio de São Miguel, frente ao Gil Vicente Futebol Clube – em que o relvado, de forma justa, não recebeu dita avaliação negativa –, foi decretado “alerta amarelo” na ilha de São Miguel, e, naturalmente, as condições meteorológicas revelaram-se adversas. Os níveis de precipitação que anteciparam as partidas supramencionadas, que resultaram inclusive em aluviões e destruição em algumas zonas da ilha no último fim-de-semana, são os descritos abaixo:

 

Santa Clara – Gil Vicente

27/08/2021 12.9L/m²

28/08/2021 7.3L/m²

29/08/2021 15.9L/m²

(01/08/2021-29/08/2021 82.10L/m²)

 

Santa Clara – Braga

24/09/2021 4.7L/m²

25/09/2021 11.7L/m²

26/09/2021 12.0L/m²

(01/09/2021-26/09/2021 101.9L/m²)

 

(Fonte: Rede Hidrometeorológica dos Açores)

 

Muito mais depois do jogo de domingo, aludir que se torna absolutamente dispensável o estigma mantido sobre o relvado do Estádio de São Miguel que, vale a pena reforçar, comportou-se de forma exemplar para as circunstâncias, muito devido ao trabalho incansável nas horas que antecederam o início do encontro.

 

O piso do Estádio de São Miguel tem sido alvo de intervenções e melhorias constantes, algo que se tem traduzido no aprimoramento significativo e visível do mesmo.

 

A solução recorrente por outros clubes de constante substituição de relvados, por outros novos, é outra condição que, por si, não se tem revelado como solução viável a todos os níveis.»

 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos