«Podemos lutar até, quem sabe, por uma Liga Europa»

Portimonense 23-09-2021 08:47
Por Entrevista de Jorge Anjinho

Carlinhos é um dos reforços mais sonantes do Portimonense. O médio tem o sonho de ouvir um dia o hino da Champions, e até prevê grandes coisas para o clube algarvio, mas para já sabe que tem de manter «os pezinhos no chão». Em exclusivo a A BOLA fala de um balneário amigo, de objetivos e ‘segredos’.


- Já no ano passado esteve muito próximo de se tornar reforço do Portimonense. O que falhou nessa altura para não chegar ao Algarve?
- Esteve quase…infelizmente não deu, e aceitei uma boa proposta do Vasco da Gama, que me possibilitou regressar ao Brasil.


- Não começou a titular, mas agora tem merecido a confiança do treinador, que até já afirmou que o meio-campo é o setor onde há mais concorrência. Concorda?
- É uma briga difícil, sim. Temos jogadores muito bons para o centro do terreno. Estou feliz pelo treinador confiar em mim, estou a dar o máximo, mas qualquer um que entrar também dará o melhor para ajudar a equipa.

(...)
- Surpreendido com este início de campeonato?
- Antes de chegar ouvia muitas coisas boas do clube e da estrutura e quando cheguei pude ver que era verdade. Aqui é tudo certinho, funciona na perfeição! Esta situação atual de vencer, em casa e fora, é a que eu tenho do clube e espero que continue assim, para mantê-lo em cima.


- E até onde é que podem chegar?
- É difícil responder. Se jogo a jogo nos formos distanciando dos que estão em baixo, mais nos aproximamos dos que estão acima, lutando até, quem sabe, por uma Liga Europa.


- Quais são as virtudes da equipa, aquelas que fazem a diferença nos jogos?

 

Leia mais na edição impressa ou digital de A BOLA. 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos