Taremi com parceiro em aberto

FC Porto 19-09-2021 08:41
Por Pedro Cadima

Sem Toni Martínez nas contas, Sérgio Conceição reconhece ter um leque de escolha alargado para definir o melhor ataque diante do Moreirense. Questionado primeiro se poderia ser fiel a um modelo de dois avançados puros e privilegiar Evanilson, ainda muito apagado de minutos na época em curso, e, mais tarde, se seria este um jogo à medida de Pepê, no que seria o procurar tirar partido dos atributos do reforço brasileiro, que tem sido recurso a partir do banco, oferecendo-lhe maior liberdade de movimento.
 

«Há essa solução de jogar com dois avançados de raiz, é uma solução, mas poderá haver outra opção e o que conta é a forma como a equipa trabalha no processo ofensivo. Dependendo do adversário pode mudar a estratégia com variantes diferentes para desmontar a organização defensiva do adversário», assinalou o técnico, admitindo Pepê mas aflorando muitos outros cenários, desenvolvendo até os méritos de Fábio Vieira ainda na pré-temporada.
 

«O Pepê pode ser uma solução para a frente, o Luis Díaz também, o Fábio Vieira também, ele jogou contra o Lyon e teve um comportamento muito bom. Há o Evanilson também. Cabe-me definir quem é o jogador, encaixando nessa estratégia para desmontar a organização do adversário», disse.
 

Leia mais na edição digital ou na edição impressa de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (8)

Últimas Notícias

Mundos