Uribe é intransferível

FC Porto 22-06-2021 11:25
Por Pascoal Sousa

Não houve adepto da Colômbia que não lamentasse a ausência, por castigo, de Matheus Uribe do jogo dos cafeteros frente ao Peru, na madrugada de ontem, que culminou com a derrota, por 1-2, da seleção do portista, na 3.ª jornada do Grupo B da Copa América. O médio é atualmente o jogador colombiano em melhor forma, suplantando em intensidade e brilho uma das grandes estrelas da companhia, Cuadrado, lateral da Juventus.

Tanto protagonismo numa só temporada transformam Uribe num alvo muito desejado, e a idade - 30 anos - não lhe retira valor de mercado, tendo até entrado em maio de 2021 no top-10 dos jogadores colombianos mais cotados a nível mundial (15 milhões de euros), num ranking recentemente atualizado pelo portal especializado Transfermarkt.

Clube ingleses, espanhóis e italianos estão atentos ao internacional colombiano, mas se há futebolista no plantel que tem rótulo de intransferível, tanto na perspetiva da SAD como na do treinador, é Uribe. Com contrato até 2023 e uma cláusula de 60 milhões de euros que afasta os emblemas mais audazes, Uribe voltará em 2021/2022 a ter um papel nuclear no meio-campo do FC Porto, se calhar com mais liberdade de ação para se aproximar das balizas adversárias, dependendo do encaixe com os futuros reforços do meio-campo e de uma eventual mudança do desenho tático por parte de Sérgio Conceição na próxima campanha do FC Porto. 

 

Leia mais na edição digital ou na edição impressa de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias