Rudiger lamenta incidente com Pogba; não será investigado pela UEFA antes do jogo com Portugal

Alemanha 16-06-2021 14:44
Por Redação

Antonio Rudiger lamentou esta quarta-feira o lance com Paul Pogba no Alemanha-França (0-1) em que o francês se queixou de ter sido mordido nas costas, mas garantiu que não mordeu o médio.

 

“Não tenho o direito nem posso fazer isso. Pareceu muito mal», admitiu o jogador do Chelsea, numa reação divulgada pelo seu agente.

 

O incidente não foi sancionado pelo árbitro espanhol Carlos del Cerro Grande,  apesar das queixas de Pogba que, depois do jogo, disse não ser grave, que ambos são amigos e até conversaram depois do jogo.

 

Algo confirmado pelo alemão. «Depois do apito final, falei amigavelmente com o Paul. Tanto comigo, quanto numa entrevista, ele confirmou que não foi mordido, como alguns pensaram no início», referiu o jogador de 28 anos.

 

De acordo com o L'Equipe, o alemão não será mesmo investigado ou castigado antes do jogo com Portugal. O jornal francês adianta que a UEFA decidiu esta quarta-feira «não abrir qualquer dossier» sobre o incidente, também desvalorizado pelo próprio Pogba.

 

Ler Mais
Comentários (17)

Últimas Notícias