«Depois do que me aconteceu, como podes estar a olhar para Eriksen?»

Dinamarca 13-06-2021 14:31
Por Redação

Fabrice Muamba viveu momentos difíceis ao assistir ao desfalecimento de Christien Eriksen no Dinamarca-Finlândia do Euro-2020. O antigo médio inglês, ele próprio vítima em campo de uma paragem cardíaca em 2012, sentiu-se muito desconfortável com o que se passava em Copenhaga.

 

«Recordou-me todas as emoções que queremos afastar para o mais longe possível e não queremos reviver. Olhando para isto de longe e não se sabendo o que se está a passar é assustador. Temos de agradecer e dar os parabéns aos médicos pela sua intervenção rápida em campo e pelo trabalho incrível que fizeram com o Christian», disse o antigo futebolista, desta vez no papel de espectador: «Estar nesse papel foi muito desconfortável. A certa altura, perguntei à minha mulher: 'como consegues estar a ver sabendo o que se passou comigo?' Espero que tudo corra bem com ele, espero mesmo que ele escape disto», comentou.

 

No dia 17 de março de 2012, Muamba, então com 24 anos, desfaleceu no relvado do Estádio White Hart Lane antes do intervalo de um jogo dos quartos de final da Taça de Inglaterra do Tottenham diante do Bolton. Esteve clinicamente morto durante 78 minutos, antes de voltar a respirar. Depois de um mês internado, teve de colocar um ponto final na carreira.

Ler Mais
Comentários (11)

Últimas Notícias

Mundos