Travão à saída de Vlachodimos

Benfica 13-06-2021 11:26
Por Nuno Reis

Odysseas Vlachodimos foi revisto pela SAD benfiquista e a sua saída do clube não é já um dado adquirido, até porque o Benfica não pretende ficar apenas com Helton Leite. E também não tem vontade alguma de ir ao mercado por um guarda-redes caro que pode nem sequer atingir o patamar do internacional grego de 27 anos, que mesmo depois de ter perdido a titularidade para o brasileiro, por decisão técnica de Jorge Jesus, manteve a confiança dos homens que tutelam o futebol profissional do Benfica a partir dos gabinetes.

 

O guarda-redes continua a querer dar o salto para outra liga, mais ambiciosa do que a portuguesa, e não esqueceu a perda da titularidade, mas também tem já consciência de que não será fácil encontrar passaporte que seja aceite pelo Benfica: proposta de pelo menos €10 milhões, com estatuto de transferência imediata. A possibilidade de um empréstimo com opção de compra obrigatória é alternativa, mas as águias não estão já tão disponíveis para negociar cedência, pois precisam de dinheiro para... ontem.

 

Esse fator financeiro, associado ao facto de Vlachodimos continuar a ser muito considerado pela SAD, fez com que fossem dadas instruções para apresentar-se (poderá regressar só em julho dado que esteve envolvido em compromissos de seleção) e para ser informado de que continua a fazer parte dos planos do Benfica.

 

Leia a notícia na íntegra na edição impressa ou digital de A BOLA

Ler Mais
Comentários (65)

Últimas Notícias

Mundos