Rafael Nadal coloca em dúvida a presença em Wimbledon

Ténis 12-06-2021 13:36
Por Redação

Rafael Nadal ainda não dá como certa a participação no torneio de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, dentro de pouco mais de duas semanas.

 

O espanhol foi derrotado na meia-final de Roland Garros pelo número 1 mundial Novak Djokovic, o que o impediu de cumprir o objetivo de chegar ao 14.º triunfo em Paris, e garante que só decidirá depois de alguns dias de férias. «Logo veremos qual será o próximo torneio. Este sábado irei estar em casa com a família e alguns amigos. Vou tentar descansar tanto física como mentalmente depois de dois meses intensos, numa temporada de terra batida positiva, ainda que sem ter conseguido o maior objetivo. Depois de lutares semana a semana durante dois meses, o corpo quebra. Wimbledon joga-se dentro de duas semanas. É diferente de quando tinha 25, 26 ou 27 anos. Agora, tenho 35. Há que ver como recupero antes de tomar a decisão se jogo ou não em Wimbledon. Agora mesmo não estou capaz de tomar uma decisão, porque não tenho o físico ou a disponibilidade mental para pensar duas semanas à frente. Preciso de dar a mim mesmo alguns dias de férias e de tranquilidade», explicou o espanhol.

 

'Rafa', que defenderia em Londres as meias-finais de 2019, quando cedeu perante Roger Federer - o torneio não se realizou no ano passado -, já tinha em maio colocado em causa a presença nos Jogos Olímpicos: «Num ano normal, tenho smepre bem presente qual é o meu calendário desde o dia de janeiro, mas este ano é diferente. Há que ser flexível. Num mundo normal, nunca pensaria perder-me os Jogos Olímpicos. Todos sabem o quanto são importantes pa mim. Nesta situação de pandemia, não sei. Veremos dentro de uns meses.»

 

Tóquio quebra o calendário normal da época, antecedendo a temporada de hard court, com os Masters 1000 de Canadá e Cincinatti, e que termina com o US Open, quarto e último Grand Slam do ano.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias