«Não faço promessas. A missão é a mesma, ganhar e chegar longe, longe, longe»

Seleção 10-06-2021 20:02
Por Redação

Fernando Santos garantiu concentração e muita vontade da Seleção em ir longe no Euro-2020. À chegada ao hotel que a seleção vai ocupar em Budapeste - onde estavam algumas dezenas de adeptos a gritar por Portugal e alguns jogadores -, o selecionador nacional deu certezas em declarações ao canal 11:

 

O que traz na mala, sonhos? «Sim, mas também convicções. Sonho também, mas temos de ter convicção, se não o sonho vai-se esvanecer. Vimos bem preparados, equipa coesa, está unida, estão com muita vontade. Trabalhámos bem, vamos continuar o trabalho aqui na Hungria estes dias, preparar o próximo jogo, é o mais importante. Temos mais três ou quatro dias, penso que nos vamos apresentar em condições. Os que vêm a seguir não contam. A Hungria joga em casa, tem ambições também, estamos prontos.»

 

Apoio dos adeptos: «Acredito que vamos ter mais portugueses do que pensávamos, felizmente abriu um pouco e há, pelas informações que tenho, pessoas a quererem vir. Em França eles eram mais do que nós, mas os nossos eram melhores que eles, estão aqui outra vez. Contamos com eles e todos os que estão em Portugal.»

 

Mais pressão em relação a 2016: «A única diferença é chegarmos como campeões em título. Mas a nossa missão é a mesma, ganhar e chegar longe, longe, longe.»

 

Deixar de fumar: «Eu não disse isso - já tive amigos a mandarem mensagens a dizer que iam deixar de fumar comigo... Perguntaram se, para ser campeão da Europa, deixava de fumar, e eu disse que sim. Não faço promessas, sei que temos convicção e vontade.»

 

A seleção aterrou em Budapeste pelas 19 horas. 

Ler Mais
Comentários (12)

Últimas Notícias

Mundos