Médio do Génova em prisão domiciliária por alegada violação sexual

Itália 10-06-2021 21:58
Por Redação

Manolo Portanova, médio do Génova, está em prisão domiciliária na zona de Messina, onde estava a passar férias. De acordo com a Rai, o jogador, de 21 anos, está acusado de violação sexual, em conjunto com um primo e outros dois amigos, por parte de uma jovem de 20 anos. Tudo terá acontecido durante uma festa na zona de Siena, tendo a mulher apresentado queixa nas autoridades no dia seguinte. 

 

Já esta quinta-feira, os quatro homens foram interrogados - apenas um deles falou e referiu que o sexo foi consentido - e colocados em prisão domiciliária enquanto aguardam por serem presentes a um juiz na próxima segunda-feira.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos