«Desde setembro andamos de casaco nas instalações. Mal posso esperar pela normalidade»

Liverpool 23-05-2021 13:16
Por Redação

Com o Liverpool em quarto lugar antes da última jornada da Premier League – hipóteses de chegar a terceiro mas também de cair para quinto e para a Liga Europa, partindo em igualdade pontual com o Leicester, Jurgen Klopp considera que já é boa a situação.

 

«Os rapazes são excecionais e são ainda um grande grupo de jogadores, mas esta época não estivemos à altura em alguns momentos, essa também é a verdade», reconheceu em entrevista ao canal Sky Sports.  

 

«Se há alguma coisa a aprender esta época, e estou certo de que o usaremos na próxima – é voltar em força. Fomos castigados por várias razões: erros próprios, o destino, pouca sorte, lesões. A vida é assim, o que interessa é reagir. Já mostrámos um pouco, na próxima vamos mostrar mais», garantiu.  

 

Uma temporada marcada pela pandemia também afetou muito a equipa e o próprio Klopp, que aponta incómodos pessoais nos quais nem toda a gente pensará.

 

«Desde o fim de setembro até à semana passada andávamos aqui dentro do centro de estágio de casaco, porque as portas tinham de estar sempre abertas devido ao vírus. Nunca, mas nunca mais vou ter saudades disso, não foi nada agradável. Não tenho problemas com a sucessão de testes, mas também terei saudades disso; odeio estádios vazios, disso também não. Basicamente todos os procedimentos extra que foi preciso adotar este ano… não serão bem lembrados», desfiou.

 

«O melhor que vamos tirar destes tempos é que agora aprecio mais a normalidade do que antes. Até agora dizia-se ‘ah, o normal, quem quer ser normal?’ Meu deus, toda a gente quer a normalidade e volta e eu mal posso esperar também», disse ainda.

 

Um passo rumo a essa normalidade será dado já este domingo, quando Anfield finalmente reabrir as suas portas – a última vez foi em dezembro - para deixar entrar 10 mil adeptos para o jogo frente ao Crystal Palace:

«Tivemos dois jogos com 2 mil adeptos, mas 10 mil é muito mais próximo do nosso ambiente habitual. Vai ser especial, mal posso esperar.»

 

A última jornada decorrerá toda às 16 horas.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias