«Ronaldo é como uma empresa, só pensa em faturar»

Juventus 13-04-2021 09:55
Por Redação

Massimo Mauro, antigo médio que representou a Juventus entre 1985 e 1989, não tem dúvidas em considerar que o emblema de Turim deveria negociar Cristiano Ronaldo no final da época, tendo opinião controversa sobre o internacional português.

«O Ronaldo nunca foi um líder onde jogou e nunca será. É como uma empresa: a sua faturação é mais importante para ele do que a faturação da equipa», considerou Massimo Mauro, em entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport.

«Cristiano não puxa pelos seus companheiros, quer sempre que eles lhe deem a bola para fazer golos. É um grande individualista, não é um jogador de equipa», prosseguiu na sua análise o antigo jogador, que, ainda assim, destacou o rendimento desportivo de CR7.
 

«Mas, do ponto de vista dos resultados, a Juventus, com ele, não fez melhor do que no passado, até fez pior na Liga dos Campeões. É por isso que o melhor para ambos é que os caminhos se separem», rematou.

Ler Mais
Comentários (47)

Últimas Notícias