Rui Borges: «Mérito de estarmos nesta luta é dos jogadores»

Académica 18:02
Por Eduardo Pedrosa Marques

O objetivo da subida de divisão não foi assumido publicamente no início da presente temporada, mas, no entanto, a campanha realizada pela Académica permitiu ao conjunto de Coimbra chegar a esta fase da prova com legítimas aspirações de regressar ao principal escalão do futebol português.

 

Apesar de já não vencer há quatro jogos – uma derrota e três empates, sendo que o último triunfo, diante do Penafiel (2-1), foi a 7 de abril, há mais de um mês -, a Briosa continua metida nos lugares da frente e, como tal, continua a olhar para os lugares de promoção. Rui Borges diz que os obreiros desta caminhada têm sido os jogadores e, como tal, é necessário encarar as últimas jornadas com a mesma confiança. A começar pela receção ao FC Porto B, partida da 28.ª jornada e que está agendada para as 11 horas deste sábado, no Estádio Cidade de Coimbra.

 

«O objetivo é voltar às vitórias e continuar na luta em que estamos. O maior mérito de estarmos nesta luta é dos jogadores. Temos que saber lidar com essa ambição. Não adianta pensar nos outros seis jogos. O mais importante é estarmos focados no jogo seguinte e é esse que queremos vencer. Não olhamos para o adversário como sendo o último classificado, mas sim como sendo uma equipa com qualidade, individual e coletiva. É uma equipa B, que pode alterar algumas dinâmicas consoante os jogadores que possam baixar da equipa principal, mas temos que estar preparados. São miúdos com muita qualidade e temos que respeitar o FC Porto B por toda a sua qualidade».

 

Questionado sobre a condição física de Bouldini, o melhor marcador dos estudantes na Liga 2, com 11 golos, apenas superado por Cassiano, do Vizela, que leva 12 tentos apontados, Rui Borges lembrou que o marroquino esteve bastante tempo parado, devido a lesão, e que, como tal, ainda não está na sua plenitude física. «O Bouldini esteve muito tempo parado, já regressou na Covilhã, e sinto-o com vontade de ajudar a equipa. Em alguns momentos do jogo não conseguirá dar tudo o que pode, porque em termos físicos não está como estava durante os 90 minutos, mas isso é normal», concluiu o treinador dos capas negras.

 

Para a partida diante do FC Porto B, João Simões, Bruno Teles, João Mário e Rafael Furtado são baixas garantidas por lesão, o mesmo acontecendo com Ricardo Dias, que irá cumprir um jogo de suspensão.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias