«Quando jogam contra o Benfica só oiço dizer: ‘mata, mata!'»

Benfica 07-03-2021 14:53
Por Redação

Jorge Jesus foi questionado sobre o anti-jogo e o tempo útil das partidas na Liga portuguesa, tema que deverá estar na ordem de trabalhos no próximo encontro de treinadores da UEFA.

 

«O futebol português precisa que as pessoas envolvidas — jogadores, árbitros e treinadores — tenham essa conversa porque existe esse anti-jogo que as estatísticas mostram. Portugal é dos países europeus com mais anti-jogo e onde menos minutos de joga. A arbitragem tem muito a ver com este processo, não são só os jogadores e os treinadores. Existe aquela máxima nos adversários que é ‘matar’ as jogadas. Podem dizer que as equipas que lutam para não descer têm a corda na garganta, mas isso todos temos», começou por dizer em conferência de imprensa, antes de lançar a questão:

 

- Sabem quantas faltas fez o Benfica no último jogo com o Arsenal? Três. O que me importa é ensinar a parar o jogo do adversário pela organização defensiva e não por faltas constantes. Aqui, quando jogam contra o Benfica, só ouço os treinadores portugueses dizerem: 'mata’, mata’!»

 

Ler Mais
Comentários (79)

Últimas Notícias