Werner assume «culpa» na saída de Lampard e elogia Tuchel: «Posso voltar a ser o Timo da Bundesliga»

Chelsea 28-02-2021 12:32
Por Redação

Depois de 13 jogos sem marcar, Timo Werner voltou aos golos há cerca de duas semanas na Premier League, dando sinais de «retoma». O avançado alemão assumiu entretanto alguma culpa pela saída de Frank Lampard do cargo de treinador no final que janeiro, que coincidiu com a sua folha em branco.

 

«Tendo sido contratado para jogar como ponta-de-lança e ser o homem que marca golos, é claro que me sinto um pouco culpado por ter desperdiçado tantas oportunidades. Pelo clube, pelo anterior treinador [Frank Lampard], mas também por mim, que quero marcar tanto quanto possível», afirmou em entrevista ao canal Sky Sports.

 

«Claro que, se tivesse marcado mais quatro ou cinco golos, talvez Lampard ainda cá estivesse, porque talvez tivéssemos ganhado mais dois ou três jogos, mas não podemos olhar muito para o passado, porque ainda temos muitos jogos pela frente. Sinto alguma culpa, mas temos de seguir em frente» acrescentou na mesma entrevista.

 

«Agora temos um novo treinador, Thomas Tuchel, é um novo começo para todos, incluindo para mim, porque falhei tantas oportunidades. Talvez seja também um novo começo para mim e tem corrido bem até agora», disse ainda.

 

Werner recusou que a barreira linguística tenha sido obstáculo, apesar de reconhecer que ter um treinador alemão é mais confortável:

 

«Percebia muito bem Lampard, não foi por causa da língua, mas se posso falar em alemão há coisas que ele [Tuchel] me pode explicar mais facilmente. Uma palavra pode mudar completamente uma frase. Para mim foi isso que mudou. Ele conhece-me da Bundesliga. Deu-me confiança para voltar a ser o Timo da Bundesliga, no topo e a marcar golos.»

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos