COP volta a criticar Governo

Mais Desporto 25-02-2021 17:01
Por Redação

Em comunicado divulgado esta quinta-feira, o Comité Olímpico de Portugal (COP) voltou a enfatizar as diferenças em relação ao Governo sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O organismo critica «a opção política das autoridades portuguesas de retirar do PRR qualquer referência à atividade física e desportiva», lembrando que em outros países, «as propostas de PRR incluem expressamente o desporto». «A proposta do PRR não é ato isolado, mas uma orientação sistematicamente assumida: deixar o desporto de fora das políticas públicas de resposta à crise pandémica», considera o COP.

No entender da estrutura olímpica, há quase um ano, após o início da pandemia de covid-19 no país, o setor desportivo definha, por não ser incluído no PRR, no Programa de Estabilização Económica e Social e por não ver aprovada qualquer proposta fiscal no Orçamento do Estado para 2021.

Assim, o o organismo presidido por José Manuel Constantino submeteu ao Governo um parecer sobre o PRR, no qual apresenta várias propostas de tipo preventivo que gostaria de ver consideradas pelas autoridades governativas, como «desburocratização e digitalização das relações do Movimento Desportivo com a Administração Pública; revisão do regime jurídico e respetiva proteção da atividade do dirigente desportivo benévolo; promoção da discussão sobre o conceito do Desporto e auxílio das estruturas federativas na transição digital para a qual as suas respetivas modalidades poderão passar; revisão do Modelo de Financiamento do Desporto Nacional; promoção de incentivos à atividade física e desportiva no seio no tecido empregador do país; e revisão da posição do ordenamento fiscal em relação às organizações desportivas e aos seus agentes», assim como medidas reativas, «como a criação do Fundo Especial de Apoio ao Desporto, e a moção aprovada na Cimeira das Federações Desportivas»

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias