«Acredito em mim e que tenho o que é preciso para lutar pelo campeonato»

Moto GP 12-02-2021 12:56
Por Redação

Miguel Oliveira (KTM) disse esta sexta-feira que tem «o que é preciso para ser campeão» no MotoGP, dizendo-se mais confiante para este ano, em que concretizou a mudança da Tech 3 para a KTM, e depois de ter vencido duas corridas na temporada passada, na Áustria e em Portugal.

 

«No ano passado vinha de uma lesão no ombro, com um processo lento de recuperação e, mentalmente, não é a mesma coisa. Deu-me mais força mas também mais insegurança, pois tinha de provar que ainda podia pilotar, competir e estar a bom nível. Este ano é diferente, venho de boa forma e com confiança. Agora a abordagem será entrar para disputar um título a tentar amealhar o maior número de pontos possível», referiu numa conferência virtual para apresentação das cores da equipa.

 

Na temporada passada a lesão de Marc Márquez deixou a luta pelo título muito aberta:  «No ano passado, o campeonato foi muito apertado. Não houve um líder claro, alguém que se tenha isolado. Isso dá a ideia aos outros pilotos que podem lutar pelo campeonato. Acredito em mim e que tenho o que é preciso para lutar pelo campeonato. Preciso de consistência, é o que é preciso para ser campeão.»

 

O campeonato arranca a 28 de março, no Catar e passará por Portugal, a 18 de abril, em Portimão (será a terceira corrida depois de duas no Catar), prova que ganhou a fechar a temporada passada. «Se no final da época não tinha nada a perder, no início desta não vou ter muito a perder também. Estou contente por ter Portugal no calendário mais uma vez», comentou.

 

 

 

Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias