«O futebol é cruel, não podemos sofrer golos assim»

Benfica 25-01-2021 19:15
Por Redação

Jorge Jesus estava desolado com o empate concedido diante do Nacional, considerando que, mesmo com muitas baixas devido ao Covid-19, a sua equipa fez o suficiente para vencer.

«Perdemos dois pontos. Até entrámos bem, fizemos dois golos, mas um não contou. Tivemos alguma qualidade, mas na segunda parte começámos a perder bolas com alguma facilidade, principalmente no ataque. O Nacional praticamente rematou uma vez à baliza e conseguiu um golo num ressalto. Estamos a ser penalizados. O futebol é cruel, não conseguimos matar o jogo. Mas não podemos sofrer golos assim, a inexperiência paga-se caro. Os jogadores tiveram compromisso, correram, estamos tristes, mas temos de continuar a trabalhar e a recuperar a equipa de forma a termos outras opções. Creio que jogámos o suficiente para ganhar», disse.

Questionado sobre a substituição de Darwin Núñez, aos 62 minutos, Jorge Jesus referiu: «O Darwin hoje não esteve cá, anda com um problema e ressentiu-se durante o jogo. Foi pena depois desta semana muito complicada não termos saído daqui com uma vitória, pois iria ajudar-nos a enfrentar esta fase.»

Ficou ainda na retina um lance em que os encarnados reclamaram grande penalidade, aos 54 minutos. «Vi nitidamente que o defesa do Nacional tira a bola com a mão. Mas não quero desculpar-me com isso, jogámos o suficiente para ganhar. A ganhar por 1-0, com oportunidades para marcar e contra uma equipa que não atacou, não podemos sofrer um golo como sofremos», considerou Jorge Jesus.

Ler Mais
Comentários (243)

Últimas Notícias