«McGregor? Pode roubar-me tudo e mesmo assim ele é amado e eu sou odiado»

Luta 24-01-2021 22:53
Por Redação

Depois da derrota do irlandês Conor McGregor, frente ao norte-americano Dustin Poirier, por KO, no segundo assalto do combate cabeça de cartaz do UFC 257,  em Abu Dhabi, as reações têm sido muitas e, agora, também o pugilista norte-americano Mayweather atacou o irlandês, acrescentando, nas redes sociais, também uma referência ao racismo.

 

«O mundo sabe que o Con Artista Mcperdedor pode roubar-me tudo e mesmo assim ser amado e eu sou odiado. Isso só para vos mostrar que o racismo ainda existe. Para que conste, este nunca será ou estará no meu nível. Sou apenas diferente, a minha mentalidade está noutro planeta, as minhas qualidades não encontram concorrência em lado algum, sou um vencedor nato e sim, digo muita parvoíce, mas consigo sempre suportá-la. É isso que eles odeiam. É triste ser um rapaz negro saído do guetto, que lidou com racismo durante toda a sua vida, que trabalhou duro para se colocar a si e à sua família numa melhor posição, para depois ser odiado, principalmente pelos seus. O Conor nem pode ganhar na sua própria modalidade e anda a falar em voltar ao boxe para lutar com o Pacquiao. Ninguém quer ver isso, é como as minhas sobras comerem as minhas sobras.»

 

">http://

Ler Mais
Comentários (13)

Últimas Notícias