Tänak lidera Monte Carlo e Suninen abandona após acidente

WRC 21-01-2021 15:43
Por José Caetano

O Mundial de Ralis de 2021 arrancou hoje em Monte Carlo, apenas 46 dias depois de Sébastien Ogier ganhar o 7.º título da carreira no campeonato de 2020, que terminou em Monza. No primeiro dia de ação, só duas provas especiais de classificação (PEC) e 41,36 km ao cronómetro.

 

Ott Tänak, em Hyundai i20 Coupé WRC, entrou com o pé direito na competição, com a vitória nas duas PEC, mas o estónio, campeão do Mundo em 2019, tem apenas 3,3 s de vantagem para o Kalle Rovanperä, em Toyota Yaris WTC, prodígio finlandês de 20 anos capaz de intrometer-se numa corrida ao título liderada pelo francês Sébastien Ogier, o ‘ponta de lança’ da equipa nipónica que estreia diretor novo na edição 89 em 110 anos do Rali de Monte Carlo, com Jari-Matti Latvala a substituir Tommi Mäkinen, depois dos  dois títulos de construtores consecutivos da Hyundai.

 

O galês Elfyn Evans (Toyota), 2.º no Mundial de 2020, acabou o primeiro dia no Monte Carlo na 3.ª posição, a 8,5 s de Tänak. O belga Thierry Neuville (Hyundai) é 4.º, a 16,0 s do estónio da Hyundai e Ogier (Toyota) encontra-se na 5.ª posição, a 16,9 s do líder da primeira das 12 etapas do campeonato de 2021.

 

O primeiro dia de competição ficou marcado por acidente violento de Teemu Suninen, num Ford Fiesta WRC da M-Sport, felizmente sem mazelas físicas para o finlandês e o copiloto, que abandonaram a competição. Andreas Mikkelsen (Skoda) lidera o WRC2 e Yohan Rossel comanda o WRC3.

 

Amanhã, para conclusão da 1.ª etapa, mais seis PEC e 126,94 km cronometrados.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias