Conceição fala em «resultado caído do céu» e diz sentir-se «prejudicado»

FC Porto 19-01-2021 22:19
Por Redação

Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem do clássico com o Sporting e defendeu que o FC Porto merecia estar na final da Taça da Liga.

 

«A equipa fez um bom jogo. Estivemos sempre por cima, criando mais situações que o adversário. No primeiro remate enquadrado na baliza, aos 86 minutos, fazem o golo. Tivemos algumas situações para ter um resultado diferente. Como se diz no futebol, é um resultado um bocado caído do céu. Merecíamos estar na final, não aconteceu. Há que olhar para o nosso principal objetivo, que é o Campeonato», analisou o treinador dos azuis e brancos.

 

«Agora, sinto que cada vez mais… entristecem-me algumas situações. Não entendo porque é que o meu adjunto foi expulso por dizer que era amarelo; e é verdade, era o segundo amarelo para o Palhinha. Vejo uma facilidade de expulsar incrível. Falei muito menos que o treinador adversário, e na primeira vez que ele [árbitro] vem ao banco mostrou-me o amarelo na primeira parte. Em todos os jogos é isto, é difícil haver dois pesos e duas medidas. Não tem a ver com o facto de sermos de uma região e querermos lutar contra toda a gente, eu sinto-me prejudicado», sustentou Sérgio Conceição.

 

Maldição na Taça da Liga? «Não há maldição nenhuma. Temos de marcar golos e não sofrer. Não podemos sofrer dois golos como sofremos, o adversário não fez nada para os conseguir.»

 

‘Caso’ Sporar/Nuno Mendes prejudicou o FC Porto? «Não tem nada a ver com isso. Perguntem aos jogadores, ao treinador e aos dirigentes do Sporting.»

Ler Mais
Comentários (386)

Últimas Notícias