Mihajlovic anda atrás do bufo do balneário e não sabe como parar Lukaku: «Só num ringue de boxe»

Bolonha 04-12-2020 14:34
Por Redação

Sinisa Mihajlovic fez esta sexta-feira a antevisão da deslocação do Bolonha ao terreno do Inter, dizendo que a grande referência e dificuldade será Lukaku, que a meio da semana marcou dois golos ao Borussia Moenchengladbach na Liga dos Campeões. E se já se falou várias vezes em como parar o avançado belga, Mihajlovic avançou mais uma, para dizer que é impossível parar o homem que já leva 11 golos em 12 jogos.

 

«Como jogador não o conseguiria parar, é mais maior, mais forte e mais rápido do que eu. Talvez num ringue de boxe, mas num campo de futebol, em que não pode haver golpes ilegais, não saberia como fazê-lo», avaliou. 

 

No entanto, a recente estatística mostra que o Bolonha ganhou na duas últimas visitas a Milão para defrontar o Inter: «Costuma dizer-se que não há duas sem três... amanhã veremos se é verdade ou exceção. Só temos de marcar mais um golo que eles.»

 

O treinador disse também que quer apanhar uma «fuga» no balneário e que não vai mudar o  sistema de jogo - só usou 3 centrais no treino para apanhar o «bufo»: «Tentei uma coisa nova no treino para ver quem anda a falar com os jornalistas. Quero saber quem é, e terá o seu nome na parede e não joga mais. Só usei os três centrais para saber, esse é o problema, hoje veio tudo nos jornais.  Nos outros nunca se sabe quem joga, da nossa equipa sai sempre tudo, sabe-se tudo. Se o apanho nem sei o que lhe faço...»

 

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias