«A cada golo de Al Musrati é uma festa enorme»

SC Braga 01-12-2020 11:57
Por Pedro Cadima

De perfil silencioso - a sua última entrevista rápida já é viral, «obrigado e adeus» -, Al Musrati assumiu-se um descarado protagonista do SC Braga, vestiu o fato de efeito surpresa na organização imposta por Carlos Carvalhal e nos últimos três jogos a sua influência nos desempenhos da equipa disparou com dom fulminante. O internacional líbio é arquiteto na visão de longo alcance, mas também engraçou de vez com as balizas contrárias, provando a carga detonante seu remate, característica logo apreciada pelo espanhol Javier Clemente, quando fez de Al Musrati peça basilar da seleção que treinou entre 2013 e 2016.

 

Depois de ter marcado um belo golo ao Leicester, um disparo de fora da área, fuzilou com glória as redes do Farense, quando soava o alerta de empate na pedreira. Um médio defensivo, apenas chamado ao jogo dentro da última meia hora, desbloqueou três importantes pontos para os arsenalistas. Carvalhal gabou-lhe as virtudes, nomeadamente a capacidade de ler o jogo sempre na direção da baliza adversária. Al Musrati é o surpreendente homem do momento,  ele que nos últimos três jogos marcou duas vezes e também foi crucial com duas assistências na vitória arrancada na Luz.

 

No universo bracarense já se celebra uma contratação que gerava incertezas, mas que é vista, agora, como o golpe perfeito ao rival V. Guimarães, que o perdeu a custo zero. Na Líbia, o entusiasmo, que já era muito significativo, cresceu exponencialmente nas últimas semanas, recebendo o jogador largos milhares de louvores, conseguindo o SC Braga notável interação de líbios nas redes sociais.

 

Formado no Al-Ittihad, de Trípoli, o clube mais sonante de um país dizimado por uma guerra civil, quando o médio escrevia o seu destino no futebol, mesmo com competições suspensas, Al Musrati é, aos 24 anos, o jogador mais adorado na nação do norte de África. Curiosamente, o clube é, de momento, treinado pelo português Miguel da Costa, de 39 anos, que chegou à Líbia depois de treinar no Uganda e no Botswana.

 

«É um herói, um filho do clube, todos o seguem de uma forma entusiástica, a cada jogo, a cada treino, a cada acontecimento. Al Musrati aqui é mais que um jogador da casa, é tido como um embaixador da Líbia e também do clube. Os adeptos do Al-Ittihad seguem cada segundo da sua vida em Portugal, é uma referência, a cada golo é uma festa enorme, mesmo agora que se noticiou o interesse do Nantes», conta-nos o técnico português, que começou a carreira no Maia, embarcando em 2016 para uma aventura africana.

 

«Estão realmente super felizes com Al Musrati, as redes sociais estão inundadas de notícias do SC Braga, os adeptos procuram ver os jogos. O SC Braga é, na verdade, o primeiro ou segundo clube de muita gente. Tem um grande impacto o que ele faz, especialmente em Trípoli, na casa do castelo vermelho», reporta Miguel da Costa, percebendo também o papel que o médio do SC Braga representa para os seus jogadores.

 

«Ele é um ídolo por estes lados, todos falam bem dele, da sua maneira de estar e se comportar. É tratado como um super jogador. Eu vejo-o como alguém muito comprometido na sua profissão. Calmo e assertivo, com enorme potencial e muito para dar na sua simplicidade», conclui o português.

Ler Mais
Comentários (18)

Últimas Notícias