Recusou homenagear Maradona e foi ameaçada de morte

Espanha 30-11-2020 20:05
Por Redação

Paula Dapena tornou-se uma das protagonistas do fim-de-semana de forma inusitada. A jogadora espanhola recusou-se a cumprir o minuto de silencio por Diego Maradona e sentou-se no relvado de costas voltadas antes do jogo Viaje EntreRías e Deportivo Abanca. Uma imagem que se tornou viral.

 

«Tenho os meus ideais e não abdico deles. Existe valores que estão muito acima do futebol e o Maradona maltratou pessoas. Não o critico por drogar-se, é algum que acontece muito entre jogadores, cantores, atores, porque aí está a fazer mal só a ele. Mas passa uma linha quando começa a magoar outras pessoas. Aí deixa de ser uma referência para mim», explicou à agência EFE.

 

Uma atitude que lhe valeu várias ameaças de morte.

 

«Recebi algumas mensagens de apoio, mas muitas ameaças também, sobretudo de morte. Algumas das minhas colegas que me apoiaram publicamente também foram alvo disso. Mas voltaria a fazer tudo, não posso perder os meus ideais», concluiu.

Ler Mais
Comentários (24)

Últimas Notícias